domingo, 30 de novembro de 2014

CCR pode ser autorizada a ter linha própria de

29/11/2014 - Bahia Notícias

O governador Jaques Wagner e o prefeito ACM Neto caminham para um entendimento sobre a tarifa de integração do Metrô de Salvador, mas, segundo a coluna Tempo Presente, do jornal A Tarde, o chefe do Executivo municipal informou que o impasse se dá por um recuo do governo no subsídio ao preço do bilhete.

De acordo com a coluna, Neto afirma que a passagem de ônibus subiria de R$ 2,80 para R$ 3,90, sendo R$ 1,10 custeado pelo Estado, conforme previsto em contrato. O governo, no entanto, só quer pagar R$ 0,55.

O prefeito ainda disse que, como sinal de boa vontade para resolver o problema, técnicos da prefeitura começam a admitir a possibilidade de permitir que a concessionária do metrô, a CCR, tenha sistema de ônibus próprio para alimentar o modal.

"É ruim para o sistema de ônibus, porque vai tirar passageiro. Mas, paciência, é uma alternativa. Resta saber se a concessionária vai querer montar e operar o sistema", disse Neto.

Sobre a linha 2 do metrô, o prefeito afirma que as negociações estão avançadas. Ele se comprometeu, segundo a coluna, com a construção do viaduto que interligará a área servida pelo metrô com o BRT Lapa – Iguatemi.




Enviado por Samsung Mobile

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Faixas exclusivas para ônibus em João Pessoa têm aprovação

26/11/2014 - Jornal da Paraíba


A Epitácio Pessoa já está sinalizada, pronta para a modificação de trânsito que acontecerá a partir da próxima segunda-feira: a implantação das faixas exclusivas para ônibus. Para a população, a mudança será positiva, porém precisa ser fiscalizada para garantir melhorias reais no fluxo de veículos do local.

A mudança ampliará as faixas exclusivas já existentes, que passarão de 2,5 quilômetros (km) para 7 km. Atualmente, há faixa exclusiva a partir do anel interno da Lagoa, Viaduto Miguel Couto, avenida Cardoso Vieira, avenida Candido Pessoa e avenida Sanhauá até o Terminal de Integração do Varadouro. Após o terminal, a faixa prossegue pela rua Padre Azevedo, rua Padre Meira até o cruzamento da avenida General Osório com rua Guedes Pereira.

Segundo informações da assessoria de comunicação da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP), a intenção da mudança é distribuir o fluxo de veículos nas vias da cidade, priorizando o transporte coletivo. Hoje, aproximadamente 270 mil pessoas utilizam os transportes públicos em João Pessoa, o que corresponde a cerca de 70% dos deslocamentos da população.

Com a ampliação, esses trechos serão interligados à Epitácio Pessoa até o cruzamento com a avenida Amazonas (proximidades do supermercado Extra), incluindo as avenidas Getúlio Vargas, Almirante Barroso e Maximiano Figueiredo. Essa modificação no trânsito pertence ao projeto de implantação do Bus Rapid Transit (BRT) – Transporte Rápido por Ônibus -, que acontecerá no sentido de promover um transporte mais rápido, confortável e seguro aos passageiros.

Para garantir que não haja congestionamento do trânsito, vias alternativas foram preparadas pela Semob, como os binários do Bairro dos Estados, do entorno do Espaço Cultural e a construção do viaduto sobre a BR-230, em Tambauzinho, que ligará as ruas José Florentino Júnior e a Deputado José Mariz.

Além dos ônibus, apenas as bicicletas (resguardada a distância mínima de segurança) poderão circular na faixa. Os veículos particulares só poderão utilizar as faixas exclusivas para entrar/sair de estacionamentos ou 50 metros antes quando for entrar à direita em alguma rua transversal.

Os veículos de saúde, de emergência, viaturas policiais e de fiscalização, inclusive da Semob, poderão circular pela faixa exclusiva se estiverem em serviços de urgência com sinalização sonora e de luz acionadas.

Os motoristas terão todo o mês de dezembro para se adaptarem e, neste período, haverá agentes de mobilidade da Semob dando orientações e distribuindo panfletos para informar a população quanto às mudanças.

Implantação no Centro de CG não tem data

STTP só irá implantar essa mesma faixa seletiva na avenida Floriano Peixoto, no Centro, após alterações no entorno central da cidade.

Mesmo após a implantação da faixa exclusiva de ônibus na avenida Giló Guedes, mais conhecida como avenida Canal, em Campina Grande, em 2012, que possibilitou a diminuição do congestionamento de veículos na área, a Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STTP) do município só irá implantar essa mesma faixa seletiva na avenida Floriano Peixoto, no Centro, após alterações no entorno central da cidade. A proposta é inicialmente reduzir a quantidade de tempos nos cruzamentos semafóricos para que os coletivos ganhem mais agilidade na rota do Centro.

De acordo com Araci Brasil, gerente de trânsito da STTP, para que a faixa exclusiva na principal avenida da cidade funcione de acordo com a proposta do Conselho de Mobilidade, é necessário diminuir o tráfego de passagem pelo Centro da cidade, e também acabar com as confluências à esquerda em alguns cruzamentos. Ela ainda disse essas alterações também poderão ocasionar no fechamento de determinadas vias, o que limitará a circulação de veículos na área do central.

"A faixa exclusiva da avenida Canal deu certo, mas ainda iremos melhorar o fluxo naquela área reduzindo o tempo de espera no cruzamento semafórico da rua Quebra Quilos, onde funcionava o Banco do Brasil. Já a implantação da Floriano Peixoto, na área do Centro, só será possível quando reduzirmos o fluxo de passagem nas ruas Maciel Pinheiro e Venâncio Neiva, eliminando as confluências à esquerda, principalmente na Maciel Pinheiro. Só assim os coletivos ganharão em agilidade e não irão esperar muito tempo nos semáforos", disse Araci.

A gerente de trânsito explicou que até o final do ano que vem essas medidas deverão ser implantadas, uma vez que é preciso tempo para que os condutores se adequem. Ela ainda destacou que a limitação ao acesso da Maciel Pinheiro é apenas uma das saídas que podem ser implantadas para estimular que os motoristas só trafeguem pela área central quando precisarem. Araci ainda afirmou que a proibição da confluência à esquerda da Maciel Pinheiro para a Floriano Peixoto também deverá ser proibida, para que o tempo de espera do semáforo neste cruzamento seja menor.

"Pensamos em limitar o acesso da Maciel Pinheiro, de quem vem pela Epitácio Pessoa, para reduzir a quantidade de veículos que cruzam essa rua. A maioria dos condutores está só de passagem para o Açude Velho, e isso prejudica o tráfego. Com essa medida, e a proibição da confluência à esquerda na Floriano Peixoto, os ônibus esperarão menos tempo no cruzamento semafórico, teremos condições de implantar a faixa exclusiva, e ainda oferecer a 'onda verde', que dará mais fluidez ao longo de toda a avenida", acrescentou Araci Brasil. 

domingo, 23 de novembro de 2014

Corredor exclusivo para ônibus pode desativar estacionamentos em Campina Grande

23/11/2014 - Jornal da Paraíba

Os corredores exclusivos para o transporte coletivo são uma das saídas para melhorar o fluxo de veículos em Campina Grande e devem fazer parte do plano de mobilidade do município, que deverá ser finalizado em abril de 2015. Contudo, a execução dessa proposta pode provocar polêmica entre os condutores, já que para a implantação dessa alternativa alguns estacionamentos públicos da cidade precisariam ser desativados para que as vias exclusivas sejam instaladas e entrem em funcionamento. Quem explicou essa proposta foi Valéria Ramos, engenheira e membro da comissão de elaboração do plano de mobilidade, que foi discutido na manhã de ontem no auditório do Ipsem, quando foi realizada uma audiência pública para debater o tema.

"A prioridade que temos que estudar para esse plano de mobilidade é o transporte coletivo. Precisamos tirar os obstáculos e proporcionar um descolamento mais rápido, com mais qualidade. Com a prioridade do transporte coletivo, a proposta que está sendo debatida é implantar esses corredores em trechos das avenidas Floriano Peixoto e na Juscelino Kubitschek, Almirante Barroso, Getúlio Vargas e Aprígio Veloso, que deixarão de ter estacionamentos nas laterais das vias, o que facilitará o fluxo desses veículos", explicou Valéria Barros. Caso essa proposta seja confirmada no plano de mobilidade de Campina Grande, a Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STTP), ficará encarregada de implantar a sinalização nos locais, indicando a proibição do estacionamento, para que o local seja usado exclusivamente para os transportes coletivos.

Ar-condicionado, é o novo ítem de conforto dos ônibus de Fortaleza

23/11/2014 - Fortalbus

Chegou a Fortaleza o primeiro ônibus convencional da nova frota com ar-condicionado. Aos poucos, os 1.956 transportes coletivos da Capital serão substituídos. Os primeiros veículos fazem parte da frota da São José Transportes. Até 2020, todos os ônibus que circulam por Fortaleza terão ar-condicionado, acessibilidade para cadeirantes e menos poluentes.

"Esses veículos vão ser todos direcionados para as linhas onde estão sendo implantadas as faixas exclusivas. Até 2020, todos os ônibus de Fortaleza estarão equipados com ar-condicionado, conforme foi o nosso acerto com o prefeito", garante Dimas Barreira, presidente do Sindiônibus.

As unidades dos ônibus climatizados da São José Transporte Urbano, são do modelo Mega Plus, montado com chassi OF-1519. Além do sistema de climatização, outros diferenciais internos se destacam, como as poltronas estofadas, os novos veículos trazem uma modificação na identificação visual, com a circunferência em destaque na parte traseira. Cada ônibus dessa nova frota custou, em média, R$ 300 mil.

Os novos ônibus chegam para renovar o cenário de qualidade e conforto no transporte coletivo de Fortaleza, que passa atualmente por fortes transformações, e antenada sempre com a tecnologia e modernidade de seus ônibus, a São José Transportes Urbanos vai reduzindo a idade média de sua frota.

Grande Recife: Via Livre Norte/Sul passa a operar nos finais de semana

21/11/2014 - GRCT

Os usuários do Via Livre Norte/Sul ganharão mais opções de deslocamentos nos finais de semana. É que a partir do próximo sábado (22), a linha 1979 – TI Pelópidas (Dantas Barreto) passará a operar aos sábados e domingos. Com isso, houve um acréscimo de 44 viagens no sábado e 15 no domingo. A melhoria do serviço também implica nos horários das viagens, que foram estendidas até às 23h30.

A linha circulará nos dois dias, com seis BRTs, realizando 64 viagens por dia, com um intervalo de 15 minutos, a partir das 4h10. Ela atenderá todas as estações em operação do corredor: São Salvador do Mundo, Cidade Tabajará, Jupirá, Aloísio Magalhães, Tacaruna, Treze de Maio, Riachuelo e Praça da República.

Para mais informações, os usuários dispõem da Central de Atendimento ao Cliente no número 0800.081.0158.

Informações: GRCT

Primeiros ônibus convencionais com ar-condicionado de Fortaleza

Corredor exclusivo de ônibus e ciclofaixa são entregues em Fortaleza

21/11/2014 - Prefeitura de Fortaleza

Priorizando o transporte coletivo e os modais de circulação não motorizados, a Prefeitura de Fortaleza entregou à população, nesta sexta-feira (21/11), a faixa exclusiva de ônibus e a ciclofaixa da Av. Antônio Sales. A medida beneficiará cerca de 65 mil passageiros, usuários das 13 linhas que trafegam na via, diariamente, além de garantir mobilidade segura aos ciclistas.

A faixa de ônibus implantada na Av. Antônio Sales conta com um total de 4 km de extensão, no trecho compreendido entre as avenidas Dom Manoel e Engenheiro Santana Júnior, funcionando nos dias úteis, de 5h às 21 horas, e aos sábados, de 5h às 16 horas. Será permitido também o tráfego de vans, transporte complementar (vans) e escolar. Demais veículos só poderão adentrá-la para fazer conversões à direita nos cruzamentos imediatos ou acesso ao lote.

Para garantir o respeito ao espaço de circulação exclusiva dos ônibus, todo o corredor estará monitorado com equipamentos de fiscalização eletrônica em um prazo máximo de 30 dias. A estrutura já começou a ser instalada. Após a conclusão total da instalação, será dado ainda um período educativo de 15 dias para os motoristas se adequarem às novas regras de circulação. Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o valor da multa por transitar em faixa exclusiva é de R$ 53,20 e implica em três pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Iniciativa do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (Paitt), a implantação da faixa exclusiva na Av. Antônio Sales visa aumentar a velocidade operacional dos ônibus em até 40%, otimizando os deslocamentos e reduzindo o consumo de combustível e gases poluentes. Com essa intervenção, Fortaleza passará a contar com um total de 44,1 km de priorização do transporte coletivo e, até julho de 2015, esse número será de 137 km, onde 122 Km terão sido implantados no período de um ano.

Ciclofaixa
Em paralelo à implantação da faixa de ônibus, a avenida também está sendo contemplada com 3,5 km de ciclofaixa, que interliga a Av. Visconde do Rio Branco até a R. Monsenhor Catão. O espaço destinado aos ciclistas está situado no lado esquerdo e segue o sentido de circulação da via, estando devidamente sinalizado para garantir a segurança dos usuários.

Durante os primeiros dias de funcionamento da ciclofaixa, agentes da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC) intensificarão a fiscalização no trecho por meio de rotas volantes. A punição para o condutor ou motociclista que trafegar na ciclofaixa é gravíssima x 3 (R$ 574,62 + 7 pontos da CNH), enquanto que para quem estaciona irregularmente é grave (R$ 127,69 + 5 pontos da CNH + remoção do veículo).

Informações: Prefeitura de Fortaleza

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Ônibus climatizados começarão a circular na próxima semana em Fortaleza

20/11/2014 - Diário do Nordeste

Cinco novos ônibus com ar-condicionado devem começar a circular em Fortaleza na próxima semana. Os veículos fazem parte da nova frota, os quais, de acordo com determinação da Prefeitura, devem ser obrigatoriamente climatizados. Ainda não foram definidas quais linhas receberão os coletivos, mas, segundo o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), terão preferência as que trafegam nas faixas exclusivas.

O anúncio foi feito ontem pelo presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), Dimas Barreira. Segundo ele, os veículos recém-adquiridos, pertencentes à empresa São José Transporte Urbano, pretendem fornecer conforto aos usuários, proporcionando viagens mais agradáveis. No entanto, Barreira destaca a necessidade de complementação entre a renovação da frota e as medidas de priorização do transporte público iniciadas nos últimos meses em Fortaleza, em especial a implantação de corredores dedicados unicamente aos ônibus.

"Um dos grandes desafios é fazer a frota produzir viagens mais rápidas. Sem o corredor exclusivo, o ar-condicionado não agrega valor. Nada vai amenizar uma viagem de 40 minutos, que deveria ser feita em 15. Com os corredores, os passageiros terão uma viagem melhor, mais rápida, e, agora, climatizada", destaca o chefe do sindicato.

Substituição

Conforme ele, a partir do dia 3 de dezembro, outros cinco ônibus climatizados serão incluídos à frota. Nos próximos meses, a expectativa é que mais veículos com ar-condicionado passem, aos poucos, a circular na cidade. Até 2020, todos os coletivos devem ser substituídos. Esse foi o prazo dado pelo prefeito Roberto Cláudio no início deste mês.

Para Barreira, houve avanços no transporte coletivo da Capital nos últimos meses, atribuída, principalmente, às faixas exclusivas implantadas em avenidas como Bezerra de Menezes, Universidade, Santos Dumont, Dom Luís, Domingos Olímpio e outras. De acordo com as estimativas do Sindiônibus, nos trechos com os espaços reservados, a velocidade dos ônibus dobrou.

"No tempo total das viagens, o resultado ainda é pouco, mas no trecho do corredor, a velocidade dobrou e diminuiu o tempo pela metade. Pode ser pouca diferença, mas para as pessoas que usam, com certeza mudou bastante", acredita o presidente.

O sindicato estuda a implantação das faixas na Avenida Perimetral e também espera a finalização do corredor para ônibus completo na Avenida Bezerra de Menezes, que deve ser entregue até o começo do próximo ano. A expectativa é terminar 2015 com 120 Km desses corredores exclusivos em Fortaleza.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Perimetral ganhará faixas exclusivas

19/11/2014 - Diário do Nordeste / O Estado do Ceará

Dando continuidade à política de priorização do transporte público coletivo nas ruas da Capital, a Prefeitura de Fortaleza deverá implantar, ainda neste mês, faixas exclusivas para ônibus na Avenida Perimetral, na zona sul da cidade. A medida faz parte do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (Paitt), e ainda não tem data para começar, faltando para tanto a conclusão de estudos de tráfego que estão em curso. A informação é da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), responsável pelo Paitt.

O trecho em que serão pintadas as faixas de uso restrito ainda não foi definido pelo órgão. Entretanto, observa-se que o segmento da via com maior fluxo de veículos é entre as avenidas Godofredo Maciel e Juscelino Kubitschek. Apesar de ainda não ter sido decidido o espaço de circulação exclusiva, o engenheiro Ezequiel Dantas, do Paitt, adianta que o sistema não será implantado ao longo de toda a extensão da avenida.

Ainda segundo o funcionário da Prefeitura, a próxima via a receber faixas específicas para o ônibus na Capital, com previsão de início de operação em dezembro deste ano, é a Av. Presidente Castello Branco (Leste-Oeste). Ezequiel também informou que todas as ruas do Centro da cidade que operam hoje com áreas preferenciais, como a Imperador, passarão a ter espaços exclusivos até julho de 2015, embora não haja data para a mudança.

Na próxima sexta-feira (21), será a vez da Av. Antônio Sales finalizar a implantação das faixas de uso restrito para ônibus. Com isso, os 4 Km de extensão da pista terão a demarcação no asfalto indicando a nova forma de circulação.

Ainda de acordo com o engenheiro do Paitt, a maioria dos motoristas tem respeitado as faixas que já estão já em atividade naquela avenida. A demarcação teve que se dar por etapas devido ao fato de a via também receber ciclofaixas.

A partir do momento em que um logradouro recebe a demarcação de áreas de circulação exclusiva para ônibus, segundo a SCSP, a Prefeitura Municipal de Fortaleza tem até 30 dias para providenciar a instalação de câmeras e sensores ao longo do respectivo trecho. O passo seguinte é o início da campanha educativa junto aos condutores, que deve durar 15 dias.

Passado o período, começam a ser aplicadas as punições aos motoristas que desrespeitarem o espaço.

Fiscalização

Até agora, já estão sendo fiscalizadas de maneira punitiva as Avenidas do binário Santos Dumont/Dom Luís e a Avenida da Universidade. Nas duas primeiras, as multas passaram a ser aplicadas a partir do dia 10 de setembro, tendo sido emitidas 1.376 notificações na região somente no primeiro mês. Já na avenida do bairro Benfica, as punições começaram a ser impostas no último dia 7 de novembro.

Na Av. Bezerra de Menezes, os condutores de veículos particulares que trafegam sobre o espaço para coletivos também são penalizados.

Os equipamentos de fiscalização, entretanto, estão temporariamente desligados, em função das obras do Bus Rapid Transit (BRT) que estão em desenvolvimento ao longo da via.

Quem desrespeita as faixas exclusivas para ônibus comete infração leve, que gera multa de R$53,20, além de três pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O sistema prevê exclusividade de segunda a sexta-feira das 5h às 21h e aos sábados de 5h às 16h. Em caso de feriados e domingos, o tráfego fica livre a todos os condutores.

O Estado do Ceará

Mudança melhora trânsito e gera dúvidas

Ontem foi o primeiro dia de implantação do sentido único na Avenida Visconde do Rio Branco, no trecho que compreende entre a BR-116 e Avenida Pontes Vieira, no bairro São João do Tauape. Apesar da movimentação tranquila na região e da aprovação das modificações pela maioria dos motoristas que transitavam no lugar, alguns ainda não sabiam da alteração de sentido.

O administrador Rodrigo Santos, 43 anos, por exemplo, trafegava na Avenida Pontes Vieira e não sabia, ainda, que a partir de ontem era proibido entrar à direita para a Avenida Visconde do Rio Branco. Ainda bem que os agentes de trânsito estavam no local para me orientar. Moro na região e agora terei que entrar uma rua antes para ter acesso à minha casa, disse. Segundo ele, a mudança era necessária na via. No sentido sul/norte era muito congestionado e refletia nas outras vias próximas à avenida também. Agora, espero que melhore.

O advogado Vinícius Rebouças acredita que as mudanças irão melhorar na avenida, mas trarão prejuízos na BR-116. Eu acredito que está melhor com a implantação do sentido único. Mas, em minha opinião, vai piorar na BR-116 por conta da implantação do semáforo próximo à rotatória. Antes, quando não tinha, já era muito congestionado, comentou.

Já o taxista Diego Dias reclama da mudança de ponto de táxi, que saiu do lugar em frente ao Hospital da Unimed e foi para a rua ao lado, na Monsenhor Salazar. A qualquer hora vai ficar bom, pois são cinco faixas para os carros. Não tem como ficar congestionado. Mas, para os taxistas ficou complicado, pois a maioria de nossos passageiros é do hospital e, agora, para acessarmos a entrada do lugar, temos que fazer um balão o que implica mais gasto de gasolina e de tempo, reclamou Dias.

Segundo a assessoria da Prefeitura, a alteração de circulação foi definida após a realização de estudos técnicos, que comprovaram a dificuldade na chegada dos veículos à Av. Visconde do Rio Branco pela BR-116. No local, chegam a trafegar seis mil veículos pela rodovia no sentido Messejana/Centro. As alterações nas vias fazem parte do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (Paitt).

OUTRAS ALTERAÇÕES

Além da Visconde do Rio Branco, a Rua  João Paulino Barros Leal, também,  mudou e agora tem sentido único norte/sul, entre a Avenida Pontes Vieira e a Rua Monsenhor Salazar, para atender à demanda que vem do Centro em direção à BR-116. A Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC) informou que, em cada via onde aconteceram mudanças, dois agentes de trânsito, por turno, estarão no local durante os primeiros dias de intervenção efetuando o controle de tráfego e orientando a população.

BINÁRIO

Além da implantação de sentido único, o binário existente nas ruas Paulo Firmeza e Monsenhor Salazar será prolongado. A Rua Paulo Firmeza, por exemplo, passa a operar com sentido único (oeste/leste), entre a Av. Visconde do Rio Branco e a Rua João P. Barros Leal. Já a Rua Monsenhor Salazar teve o sentido invertido, passando a concentrar o fluxo veicular no sentido contrário (leste/oeste), da Av. Visconde do Rio Branco à BR-116.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

TCE mantém suspensa licitação para obras do BRT de João Pessoa

15/11/2014 - Jornal da Paraíba

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) decidiu manter suspensa a licitação que visa à contratação de empresa para execução das obras do Bus Rapid Transit (BRT) em João Pessoa. A determinação partiu do relator das contas de 2014 da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), conselheiro Fernando Catão, durante sessão da 2ª Câmara Deliberativa do tribunal, ocorrida ontem. Na segunda-feira, Fernando Catão vai se reunir com o prefeito Luciano Cartaxo (PT) para discutir as adequações que precisam ser feitas no edital de licitação.

Até ontem, a PMJP ainda não havia sanado 14 das 24 irregularidades apontadas pelo TCE no edital de licitação do BRT, que poderiam causar dano ao erário municipal. O TCE ainda aguarda informações sobre a realização da fase preparatória, o que é exigido no Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC) e realização de audiência pública para consultar a população acerca do impacto que as obras vão causar na capital.

Conforme Fernando Catão, não há no edital a indicação expressa da condição motivadora da opção da contratação integrada, bem como parâmetros objetivos para o julgamento pela melhor combinação de técnica e preço (30% para técnica e 70% para menor preço). O quesito matriz de risco é outro ponto questionado pelo TCE.

Para que o edital de licitação seja liberado, dentre outras adequações, a prefeitura também precisa modificar o item que não prevê a completa execução das obras necessárias para o funcionamento da rede de BRT, já que na contratação em questão está prevista somente a execução das fundações (alicerces) das estações de transferência. Segundo o conselheiro Fernando Catão, isso poderá ocasionar transtorno para a população com a indefinição do término da obra.

A sessão da 2ª Câmara foi acompanhada pelo procurador-geral do município, Adelmar Azevedo Régis, que estima que o processo licitatório seja concluído ainda este ano. "O tribunal aprovou alguns aprimoramentos feitos pela prefeitura, estamos analisando os outros itens. Vamos nos reunir com os técnicos e analisar, se houve alguma inconsistência nós vamos corrigir. Até o fim do ano nós vamos conseguir resolver essas divergências jurisprudenciais, publicar um novo edital ou manter o mesmo, caso o tribunal acate nossos argumentos", explicou.

Prazo do BRT de Fortaleza é novamente adiado

16/11/2014 - Diário do Nordeste

O corredor de ônibus da Avenida Bezerra de Menezes tem nova data para começar a operar. Com previsão anterior de conclusão ainda para este mês, o empreendimento só deve ficar pronto, de fato, na segunda quinzena de dezembro, segundo informa o titular da Secretaria de Infraestrutura de Fortaleza (Seinf), Samuel Dias. Enquanto isso lojistas e moradores da região se sentem prejudicados com a demora.

Desde que as obras começaram, as vendas na loja do comerciante Antônio Paulo da Silva cairam cerca de 60%. "Por causa das obras as pessoas estão deixando de transitar na avenida e, por isso, não vêm comprar por aqui", reclamou mostrando a loja vazia no meio da tarde.

Ao contrário de alguns meses atrás, ressaltou Silva, o trânsito na via melhorou, pois agora os condutores preferem procurar outras vias para trafegar. "A movimentação por aqui mudou demais. Até mesmo os engarrafamentos diminuiram".

Segundo o empresário José Elieser Oliveira Moreira, que tem uma loja naquela avenida, desde que as mudanças nas faixas tiveram início 79 estabelecimentos já fecharam. "É muito prejuízo. As vendas caíram mais de 60%", reclamou.

Devido ao ritmo lento da obra ele não acredita que tudo será finalizado e entregue para a população em dezembro. "Já adiaram tantas vezes que eu não sei mais o que é verdade. Além disso, o pessoal parece que trabalha em marcha lenta", destacou.

Até agora, 70% dos serviços do corredor de ônibus estão concluídos, informou Samuel Dias. Assim que o empreendimento for entregue, garante o gestor, o corredor entrará em funcionamento, proporcionando o aumento na velocidade dos coletivos e o encurtamento no tempo das viagens naquele trecho.

Para o secretário, os atrasos no cronograma devem-se a dois fatores. Um deles é a alteração no projeto original, que precisou sofrer ajustes à medida que a obra ia avançando, devido às circunstâncias encontradas em campo. "Para efetuar o serviço foi preciso escavar e, quando isso foi feito, percebeu-se a presença de tubos de drenagem que não estavam previstos, por exemplo", explica.

De acordo com Dias, fatos como este requerem mudanças na programação, que causam a diminuição o ritmo de produção na obra e, consequentemente, os atrasos.

O segundo motivo relatado pelo gestor para a demora na entrega do corredor é o fato de os serviços serem executados com mão de obra intensiva, utilizando prioritariamente a força humana, com poucas máquinas em operação.

"Obras pouco mecanizadas são mais sujeitas a atraso", argumenta Samuel Dias. A execução dos trabalhos está a cargo do consórcio Queiroz Galvão/Galvão Engenharia.

Maio

O trajeto do corredor para ônibus na Avenida Bezerra de Menezes terá, ao todo, dez estações. A implantação dos novos pontos de parada foi iniciada no último dia 15 de maio e tinha previsão inicial de entrega no mês de agosto, três meses atrás. O custo total do empreendimento é de R$ 9 milhões.

"Os ônibus já chegaram e as paradas elevadas já estão sendo construídas. Algumas faltam apenas paisagismo e acabamentos, e em outras ainda falta fazer a pavimentação das ilhas e também da via onde antes havia o canteiro central", diz o secretário de Infraestrutura da Capital.

sábado, 15 de novembro de 2014

Fortaleza: BRT Bezerra de Menezes/Centro, começam a funcionar no fim de dezembro

15/11/2014 - Verdinha

As estações de BRTs na Avenida Bezerra de Menezes, em Fortaleza, estão em fase de conclusão e devem ser entregues à população no fim de dezembro deste ano, de acordo com o prefeito Roberto Cláudio.

"Até final de dezembro todas as 10 estações estarão prontas. Nesse momento, os ônibus deixarão de andar pela direita e, tanto os ônibus sanfonados, quanto os ônibus normais, irão ter as paradas nos canteiros centrais", afirmou.

O prefeito disse ainda que haverá estações diferentes, de acordo com os tipos de ônibus. "Vai ter uma parada diferente para ônibus padrão, que tem porta na direita, e para ônibus sanfonado, que tem porta a esquerda", comenta.

A população terá acesso às estações, que ficam nos canteiros centrais, por meio das faixas de pedestres. "Vão ter faixas de pedestres com sinais em cada uma das cinco paradas. Na verdade, são 10, mas cinco de cada lado", disse.


A intenção da Prefeitura é diminuir o tempo de percurso do transporte público e consequentemente, o tempo de espera do passageiro nas paradas, no deslocamento que liga o Terminal do Antônio Bezerra ao Terminal do Papicu.

Com essas modificações, o ônibus sairá do Terminal do Antônio Bezerra, que passou por uma reforma recentemente, pegará a faixa exclusiva na Av. Mister Hall, entrará no BRT da Bezerra de Menezes, seguirá pelas faixas exclusivas da Domingos Olímpio e Antônio Sales, pegando o viaduto e finalizando o percurso no Terminal do Papicu.

O prefeito falou ainda que, até o final de 2016, 25% da frota de ônibus estarão rodando com ar-condicionado.