domingo, 17 de junho de 2012

Passageiros se revoltam e fecham terminal em Olinda

15/06/2012 - G1

Chuva, alagamentos, falta de ônibus e confusão marcaram a manhã desta quinta-feira (14) no Terminal de Integração da PE-15, em Olinda . Por volta das 6h, os passageiros que estavam no ponto de embarque da linha PE-15/Boa Viagem se revoltaram com a insuficiência de veículos no terminal. De acordo com os usuários, os problemas são constantes no local, mas se agravaram nesta quinta devido às chuvas. 

Os manifestantes fecharam as portas do terminal, impedindo a entrada e a saída de ônibus de todas as linhas. Poucos veículos estão circulando pelas ruas ou conseguiram sair do local. De acordo com o Grande Recife Consórcio de Transportes, o terminal da PE-15 possui 12 linhas de ônibus, com 141 veículos, e promove o transporte de cerca de 45 mil pessoas por dia. Durante a manifestação, parte da mureta de proteção e alguns cavaletes foram destruídos. 

Três equipes da Polícia Militar (PM) foram enviadas ao local para tentar conter o tumulto no início da manhã. Por volta das 10h, o Batalhão de Choque da PM também foi direcionado ao terminal para controlar a confusão. 

De acordo com informações do Grande Recife Consórcio de Transportes, a reclamação dos passageiros se intensificou após o início das obras do Corredor Norte-Sul. Com os serviços, que vai criar um corredor exclusivo de ônibus entre Igarassu e o centro do Recife, os veículos voltaram a circular na pista normal da PE-15, gerando engarrafamentos e atrasos. Ainda de acordo com o Grande Recife, não adianta colocar mais carros nas linhas que atendem o terminal, pois só iria gerar mais congestionamentos.

Fortaleza tem 2ª tarifa mais barata do Brasil

15/06/2012 - Diário do Nordeste

Fortaleza tem a segunda tarifa de ônibus mais barata das capitais do País, de acordo com levantamento do Ticket Transporte, serviço empresarial que oferece gestão, logística e distribuição do benefício-transporte. Na Cidade, a passagem custa R$ 2,00. O mesmo valor é encontrado na cidade de Belém (PA) e em Boa Vista (RR). 

Já o Distrito Federal é a capital com a tarifa mais baixa. Lá, o usuário desembolsa R$ 1,50 em média pela passagem. São Paulo tem o preço mais alto: R$ 3,00, seguida por Porto Alegre (RS) e Campo Grande (MT), ambas com R$ 2,85. 

De acordo com o diretor de Produtos Regulamentados da Ticket Transporte, Sérgio Oliveira, a comparação é importante para dar uma ideia dos preços das tarifas em todos os Estados brasileiros. "Também esperamos auxiliar e facilitar o dia a dia das empresas com a consolidação desses dados", afirma.  

Sérgio Oliveira acrescenta, também, que a empresa atualiza as últimas alterações de tarifas enviadas pelas operadoras frequentemente. "Isso deixa a consulta muito mais prática para os gestores de recursos humanos", explica. 

Pesquisa 
Em janeiro deste ano, um balanço da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP) sobre o preço da passagem de ônibus em municípios com população acima de 500 mil habitantes havia revelado que Fortaleza era a cidade com tarifa de ônibus mais barata do País. 

A análise da Associação Nacional de Transportes Públicos apontava, na época, que seis capitais brasileiras tiveram aumento tarifário. Enquanto isso, o município cearense não registrava reajuste desde o mês de março de 2011, quando a passagem aumentou de R$ 1,80 para R$ 2,00 e foi criada a Hora Social, um sistema que diminui o preço da tarifa para R$ 1,80 nos dias úteis, ou seja, de segunda a sábado, de 9h às 10h e de 15h às 16h.

sábado, 16 de junho de 2012

Terminal integrado do Cajueiro Seco pronto para inauguração

13/06/2012 - Blog Meu Transporte

A área sul da Região Metropolitana do Recife está prestes a ter uma mudança radical no sistema de transporte coletivo, pois já se encontram prontos os terminais integrados de Cajueiro Seco e Tancredo Neves que juntos esperam atender a mais de 100 mil usuários por dia. Os novos terminais estão dentro das normas de acessibilidade, elevadores, escadas rolantes dupla, bicicletários e estacionamentos para carros.


Terminal de Cajueiro Seco 
Este terminal que fica em Jaboatão dos Guararapes, receberá 11 linhas de ônibus das quais a maior parte vem da Cidade do Cabo de Santo Agostinho, estas linhas deixarão de ir ao centro do Recife possibilitando para muitos outras formas de deslocamento, como o Metrô, por exemplo, que também será integrado a este terminal. Cerca de 80% das linhas serão integradas com tarifa A, ou seja, existem algumas linhas que hoje operam com a tarifa B (R$ 3,25) e que terão suas tarifas reduzidas para o anel A (R$ 2,15), ou 49% a menos.

Uma das grandes vitórias ficou pela luta da comunidade do Conj. Marcos Freire, na qual sua integração vai possibilitar a redução da tarifa de ônibus e conseqüentemente mais pessoas poderão aderir aos ônibus na comunidade.
Este terminal terá 03 linhas inter-terminais, que ligará o T.I de Cajueiro aos Terminais do Cabo, Barro e Afogados. Isso sem falar que é neste terminal que será integrado o Corredor da BR-101 que receberá uma linha vinda de Igarassu, através do Corredor de ônibus da BR-101. 

Porém o terminal não terá linhas para o centro do Recife como era esperado, a população terá apenas o Metrô como opção para chegar ao centro da cidade, o que pode agravar ainda mais os problemas enfrentados pelas linhas circulares que saem dos TI's de Joana Bezerra e Recife, e a pergunta que fica no ar é, se hoje as linhas circulares com seus pequenos ônibus já não suportam tantos passageiros, será que com este aumento de demanda vai conseguir? É o chamado caos à vista.

A Inauguração está dependendo do fim da greve dos metroviários.

Abaixo as Linhas que atenderão a este terminal nos próximos dias.

Tancredo Neves
Previsto para ser inaugurado no começo do ano, este terminal é um dos mais problemáticos para entrar em operação, pois as comunidade do Ibura não aceitam a forma de implantação deste terminal, os maiores problemas são a falta de reuniões conjuntas com o GRCT, CTTU e METROREC, orgãos envolvidos mais que diretamente para implantação deste terminal, em relação a CTTU, sistema viário precário e sem prioridades para os ônibus, usuários e lideranças reclamam do abandono da principal via da Ibura, Av. Dois Rios, com seus constantes engarrafamentos, além de uma Mascarenhas de Moraes sem Priorização para os ônibus.


Com relação ao METROREC, nenhum representante do metrô compareceu as reuniões das comunidades junto com o GRCT, o que deixou muitas lideranças indignadas devido a fatos que poderiam ser esclarecidos pelo próprio metrô, como por exemplo a chegada de novas composições, intervalos entre outros.
Depois de resolver estas pendências, este terminal entrará em operação provavelmente com 21 linhas em sua maioria oriundas do Ibura, além de novas linhas que integraram ao Bairro de Boa Viagem e Candeias.

As linhas alimentadoras terão cada uma seu espaço de embarque tipo plataforma, para evitar furões de filas.
Além destas linhas, serão criadas as Linhas Tancredo Neves/Macaxeira, Tancredo Neves/Cde da Boa Vista e Tancredo Neves/IMIP.

O certo é que estes dois terminais vão mudar radicalmente a vida de milhares de pessoas, seja para o lado bom, seja para o lado ruim, porém é uma estratégia do governo integrar não somente as linhas da área sul, mas de todos os bairros da região metropolitana com a ampliação do SEI (sistema Estrutural Integrado).

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Em Natal, acordo suspende obras de mobilidade

28/05/2012 - Diário de Natal

Obras e desapropriações estão suspensas enquanto durar processo de análise e discussão dos projetos pelo MPE

MP irá pedir confecção de laudo técnico
créditos: Fábio Cortez/DN/D.A Press
Todas as obras de mobilidade urbana visando a Copa do Mundo de 2014, inclusive as desapropriações de imóveis residenciais e comerciais, estão suspensas até quando durar o processo de análise e discussão dos projetos das intervenções. É o que ficou decidido após entendimento firmado entre o município de Natal e o grupo especial do Ministério Público Estadual (MPE) para acompanhamento das obras e atividades relacionadas aos jogos da Copa do Mundo de Futebol de 2014.

Com o objetivo de analisar as técnicas de engenharia e repercussões de natureza ambiental e urbanística nos projetos de mobilidade urbana, o Ministério Público Estadual irá solicitar um laudo técnico da Central de Perícias do MP sobre as obras a serem construídas nas avenidas Felizardo Moura, Industrial João Motta e do Viaduto da Urbana.

Durante a suspensão da execução dos projetos nenhuma licença de instalação poderá ser emitida para essas obras. Já os processos de desapropriações poderão seguir suas formalidades legais, suspendendo-se, no entanto,as imissões na posse dos imóveis - ou seja, o município não poderá tomar posse do imóvel. Também ficam excluídos o recapeamento asfáltico e manutenção das vias que compõem os desvios de tráfego no entorno das obras de mobilidade do Lote 1.

Ficou acertado também que o órgão licenciador, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), irá promover audiências públicas para o debate com a sociedade, apresentando os projetos e estudos, a fim de que possam ser dirimidas dúvidas e confrontados os projetos com os laudos a serem produzidos a pedido do MP.

Após ouvir representantes de entidades populares e pessoas atingidas pelas intervenções, o Ministério Público concordou que a análise do requerimento de licenciamento ambiental para os projetos de alargamento das Avenidas Felizardo Firmino de Moura e Industrial João Francisco da Motta seja fundamentada em um Relatório de Controle Ambiental (RCA). Por outro lado, a construção de viaduto no entroncamento das avenidas Industrial Francisco da Motta e Capitão Mor Gouveia terá licenciamento apreciado por meio de Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA), assim como previsto para todas as obras ao longo da Avenida Capitão Mor Gouveia.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) facultará um prazo de 15 dias a partir da aceitação das proposições do Ministério Público Estadual para a inclusão de condicionantes e exigências ambientais e urbanísticas no Termo de Referência emitido para o licenciamento das obras.

O Município também se compromete a assegurar nas fases de licenciamento e de execução dos projetos a participação efetiva de representantes das secretarias municipais de Trabalho e Assistência Social (Semtas) e de Habitação (Seharpe) a fim de que possam garantir o direito à moradia e seus aspectos sócio-econômicos no âmbito do processo de desapropriação, incluindo a relocação de famílias para moradias dignas.

Segundo o acordo, o Município deve procurar áreas próximas às desapropriadas para relocação habitacional. Para as famílias queserão relocadas, o município deverá custear aluguel na mesma região, até a construção das novas residências. 

Prefeitura de Salvador pode instalar botão de pânico em ônibus

01/06/2012 - R7, com Jornal da Record

A média é de quatro assaltos a coletivos por dia; número cresceu em 2012

A Prefeitura de Salvador está considerando instalar botão de pânico em ônibus da cidade. Os assaltos a coletivos se tornaram rotineiros e assustam os funcionários e passageiros. 

O botão de pânico é um sistema de proteção que já funciona em outras cidades brasileiras. Ele serve para alertar a polícia em caso de perigo. Acionado pelo motorista, faz o letreiro piscar e avisar sobre o roubo. 

Vídeos de circuito interno dos coletivos da cidade mostram a violência, que acontece quase sempre durante o dia. Em uma das imagens, o criminoso entra no ônibus e da porta anuncia o assalto. Outro homem entra armado e rouba um passageiro. Na saída, ainda leva o dinheiro do motorista. 

O número de assaltos a ônibus em Salvador cresceu 80% de janeiro pra junho se compararmos ao mesmo período do ano passado. A média é de quatro assaltos por dia. 

A maioria dos assaltos acontece em grandes avenidas, bem movimentadas, onde a fuga é mais fácil. Os bandidos também preferem agir em grupos pequenos, para não chamar atenção. 

Botão do pânico 

Em Curitiba, parte da frota também conta com o sistema de proteção. Quando o motorista aperta o botão, uma central de monitoramento é acionada por um sistema de satélite. Na hora, é possível identificar onde está o problema. 

Asssita ao vídeo:
 
 

sábado, 2 de junho de 2012

João Pessoa ganha novo terminal integrado

30/05/2012 - Caldeirão Político

A cidade de João Pessoa ganha, na próxima sexta-feira (01), mais um equipamento que vai facilitar o dia a dia das pessoas que utilizam ônibus em seus deslocamentos e melhorar, ainda mais, o sistema de transporte da capital. Trata-se do novo terminal do Bessa. O novo espaço disponibilizado graças a uma parceria público/privada, que envolveu a Prefeitura de João Pessoa e empresas de ônibus de João Pessoa. 

O novo terminal tem uma estrutura inovadora que inclui, na sua área interna, espaço para embarque e desembarque numa ampla sala de espera coberta, equipada com bancos de madeira, bebedouro, banheiros masculino, feminino e para portadores de deficiência, uma lanchonete, guichês, além de uma sala climatizada que poderá ser utilizada para pequenas reuniões e treinamentos. Na parte externa, além da sala de fiscalização, há outros dois banheiros. Todo o entorno do terminal é calçado e ele tem ainda um grande jardim que acompanha as duas laterais e a frente, além de uma calçada construída com rampa de acesso para cadeirantes.  


O novo terminal vai beneficiar, especialmente, os moradores do bairro do Bessa que utilizam, diariamente, as linhas 513 – Tambaú (Reunidas), 601 – Bessa/Manaíra Shopping (Transnacional) e 603 – Bessa/Bessa Shopping, além das linhas intermunicipais 5103 Poço e 5104 – Jacaré/Intermares, que circularão de forma integrada. As linhas 601, 603 e 513 operam, respectivamente, com 8, 6 e 7 veículos cada uma. O terminal também vai beneficiar a população de Intermares e da Praia do Poço, que não precisará mais pagar passagem na segunda viagem quando integrarem no novo terminal.

Integração em 85% das linhas

01/06/2012 - Cidade Verde

A Integração de transportes urbanos em Teresina cumpre a sua última etapa a partir desta sexta(01), com a implantação de mais 23 linhas no sistema. Agora, serão 56 linhas integradas, com 304 ônibus, o que significa 85% das linhas da capital. A maior beneficiada será a zona Sul que foi pouco contemplada nas etapas anteriores. 

De acordo com a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) a expectativa é que 200 mil pessoas sejam beneficiadas mensalmente com a gratuidade da tarifa, no segundo trecho de viagem, para chegar a seu destino.
 
Serão mais cinco linhas na zona Norte, cinco no Centro, quatro na zona Sudeste e nove na zona Sul. "As pessoas estão percebendo a economia no bolso. A integração trouxe para os trabalhadores uma redução considerável de gastos e percebemos que a integração tem mudado a vida de muitas pessoas", disse a superintendente da Strans, Alzenir Porto.

Com a implantação dessa nova etapa, o sistema vai contar com 304 veículos, reduzindo o tempo de espera nos abrigos. Antes eram 190 ônibus. "Na verdade, agora a integração está sendo ampliada, o que faz crescer o número de pessoas beneficiadas com o serviço", afirma Alzenir Porto.
 
O gerente de Planejamento da Strans, José Lopes, revela que serão instalados novos painéis explicativos em todos os abrigos que fazem parte do sistema de integração. "As pessoas que ainda tiverem alguma dúvida serão atendidas pelos nossos fiscais, que estarão nos abrigos para resolver qualquer tipo de problema. Além disso, a Strans está com o telefone 0800-086-3122 para que as pessoas recebam os esclarecimentos que acharem necessários", completa.

Lopes informa ainda que algumas linhas que fazem pequenas viagens vão permanecer sem a integração e a zona rural ainda não será atendida porque os carros não trabalham com a bilhetagem eletrônica. "Os resultados positivos do nosso trabalho são percebidos. As pessoas estão conseguindo ter um transporte público mais rápido e esperando muito menos pelos ônibus", finaliza.

Novas linhas da integração

Zona Leste

Vila Bandeirantes/Dom Severino
Planalto Uruguai/Avenida Jóquei Clube
Planalto Uruguai/São Cristóvão
Nova Theresina/São Cristóvão
Pedra Mole/Vila do Avião

Zona Norte

Primavera/Avenida Pinel
Mocambinho/Alto Alegre/Matadouro
Buenos Aires/Aeroporto
Santa Sofia/Avenida José dos Santos e Silva

Zona Sudeste

Redonda/Dirceu I/Miguel Rosa
Alto da Ressurreição/Redonda/Barão
São Paulo/Renascença I/ João XXIII

Zona Sul

Planalto/Bela Vista/Miguel Rosa
Sacy/Miguel Rosa
Santa Fé/Pedro Freitas
I.A.P.C./Cristo Rei
Lourival Parente/Morada Nova / Miguel Rosa
Três Andares/ Cidade Nova/Monte Castelo
Lourival Parente/Morada Nova/Shopping/São João
Cerâmica Cil/Miguel Rosa
Vila São Francisco/Promorar/Barão