segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Terminal do Bela Vista fará integração apenas com cartão eletrônico

06/08/2017 - Via Agora

A medida começa valer a partir deste sábado (12), os bilhetes de ocorrência não serão mais aceitos.

JOSEFA GEOVANA
    
A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) determinou que a partir de sábado (12) a integração no terminal de ônibus do bairro Bela Vista, na Zona Sul só poderá ser feita por meio do cartão eletrônico.

Foto: Prefeitura de Teresina
Terminal de ônibus do bairro Bela Vista.
Terminal de ônibus do bairro Bela Vista.

Durante o período de testes no início do funcionamento do terminal, foram implantados os “bilhetes de ocorrência” para facilitar a integração, mas ele não será mais aceito. A partir do dia 12 só será possível fazer integração os usuários que portarem o cartão de estudante, expresso ou do trabalhador.

“Fizemos a utilização desse bilhete, também da zona Sul, para que as pessoas se acostumassem com o novo sistema, mas agora os usuários já entenderam como é o funcionamentos do terminal. Chegou o momento de retirar o uso desse bilhete”, disse Francisco Nogueira, diretor de Transportes Públicos da Strans.

Os usuários de ônibus que ainda não possuem o cartão eletrônico e querem fazer uso da integração, podem adquiri-lo nos terminais de integração ou nos pontos de vendas do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (setut).

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Integração de ônibus deve ser inaugurada em dezembro

 02/08/2017 - Jornal Meio Norte

 Mayara Valença 

Atrasos nas entregas de equipamentos podem causar um atraso de quatro meses na entrega dos corredores de ônibus das Avenidas Miguel Rosa e Barão de Gurgueia, na zona sul de Teresina. Segundo a engenheira da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), Adélia Melo, para uma matéria do Jornal Meio Norte de 25 de março de 2017, os corredores das avenidas Miguel Rosa e Barão de Gurgueia teriam previsão para serem entregues até agosto de 2017. Ela afirmou que “a maioria dos serviços são terceirizados, tudo vem de fora e demora um pouco. Quando a porta chegar, começaremos a fechar e colocar ar-condicionado, fica praticamente concluído”. No entanto, o mês de agosto iniciou e as obras das duas avenidas ainda não foram concluídas.

A engenheira explicou que não houve um novo cronograma, mas os atrasos aconteceram na entrega de aparatos necessários às instalações dos corredores. “É por questões de obras, que às vezes têm certos atrasos no andamento e os equipamentos demoram a chegar. Mas queremos e vamos entregar todos o sistema de integração, com corredores e terminais, até dezembro. Todos os problemas serão solucionados: reparos, todos os buracos hoje presentes devido às chuvas serão recuperados”, ela garante.

Sobre as elevações e rebaixamentos à altura dos pontos de embarque e desembarque dos corredores, a engenheira explica que será instalada uma nova sinalização nas vias. “O corredor será segregado, com tachões separando a via do corredor das outras vias. Também haverá semáforos de pedestres e sinalizações horizontal e vertical, além de instruções para que a população entenda como funcionará o sistema”, disse Melo.

Ela ainda enfatiza que os terminais que hoje funcionam aos finais de semana a título de experiência passarão a funcionar junto à estrutura que ainda falta ser finalizada, dando início à efetiva integração em Teresina.