quarta-feira, 29 de outubro de 2014

População de São Cristóvão, em Sergipe, queima ônibus que quebrava todos os dias



29/10/2014 - Jornal do Dia - Sergipe

Usuários do transporte público da Grande Aracaju voltaram a se rebelar na manhã de ontem e incendiaram um veículo da Viação Tropical nas proximidades do povoado Cabrita, município de São Cristóvão. Conforme denúncia dos passageiros, essa foi a segunda vez que o mesmo veículo apresentou defeito no sistema e voltou a deixá-los no meio da estrada na espera por um carro substituto. Mobilizadas, algumas pessoas que estavam no veículo no exato momento da pane decidiram em conjunto incendiar o ônibus como forma de protesto e a fim de exigir que a empresa, ou Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Aracaju (SMTT/AJU), viabilize a substituição imediata da frota com aquisição de ônibus novos. O ato de vandalismo ocorreu por volta das 6h30.

Minutos após, já com o veículo todo em chamas, uma guarnição da Companhia de Policiamento Rodoviário (CPRv) transitava pelo local e ao se deparar com o sinistro decidiu acionar o Corpo de Bombeiros através do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). Para aqueles que dependem desse sistema integrado para se locomover diariamente entre as duas cidades, é preciso que mobilizações sem atos criminosos sejam promovidos. O pedido também é para que os órgãos públicos administrativos e de fiscalização intervenham no pleito da comunidade. Após o reajuste da tarifa de ônibus, aprovada em junho do ano passado pela Câmara de Vereadores e sancionada pela Prefeitura de Aracaju, os passageiros acreditavam em avanços.

Segundo o auxiliar de jardinagem Luís Américo dos Santos, que estava no momento do incêndio, o motorista e cobrador não interferiram nos planos de incendiar o veículo com possível receio de serem linchados por alguns dos passageiros mais exaltados. "Eu preferi nem me meter porque sabia que a polícia poderia parar aqui e prender todos que planejaram e tocaram fogo no ônibus, mas de fato já estamos no limite da paciência. Disseram que com o aumento da tarifa a qualidade iria melhorar, mas até hoje esperamos essa promessa dos vereadores que aprovaram o projeto da SMTT e Setransp, e do prefeito João Alves Filho que decretou o projeto legal", disse.

Diante da ocorrência detalhada pelos funcionários da empresa, o sargento Genivaldo Santos decidiu acionar outras equipes de policiamento com o propósito de identificar os principais responsáveis pelo ato. Outras equipes chegaram ao local, mas não encontrou nenhum manifestante. Todos já haviam subido em outro ônibus. "Concordo que esse tipo de atitude não deve acontecer, mas também não crucifico o pai de família que todo mês recebe um bom desconto por chegar atrasado no emprego depois do ônibus quebrar duas ou até três vezes por quinzena. Eu mesmo estou cansado desses problemas e entrei num consócio de moto porque aqueles que dependem do serviço de ônibus em Aracaju não tem vida fácil", declarou o vigilante Anderson Siqueira.

Este foi o nono ônibus incendiado este ano na Grande Aracaju. Sete deles foram vítimas de um ataque criminoso em 16 de junho quando estavam estacionados em um posto de combustíveis desativado na Avenida Tancredo Neves. Até o início da noite de ontem a direção da SMTT não havia se pronunciado quanto a este caso registrado na Rodovia João Bebe Água. A expectativa é que as investigações continuem para identificar os possíveis responsáveis por atear fogo.

A empresa Tropical decidiu suspender a linha, alegando falta de segurança.

Nova faixa exclusiva é implantada na Av. Antônio Salles

29/10/2014 - Diário do Nordeste - Fortaleza


A implantação das medidas do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (Paitt) chega à Av. Antônio Sales esta semana. Um dos principais corredores de tráfego de Fortaleza, a via recebe, na próxima sexta-feira (31), uma faixa exclusiva para o transporte coletivo e uma ciclofaixa. A implantação, que será feita em quatro etapas, tem início no trecho compreendido entre as avenidas Virgílio Távora e Engenheiro Santana Júnior.

A primeira etapa de implementação, que tem cerca de 700 metros, foi acelerada para atender à demanda que será criada após a entrega da segunda parte do viaduto no Cocó, conforme o secretário executivo de conservação e serviços públicos, Arcelino Lima. "O trecho escolhido está mais próximo do viaduto e irá atender à sua sinalização", reforça o secretário.

A Prefeitura iniciou a instalação das faixas na via ainda na noite de ontem. Arcelino explica que o processo é um pouco mais demorado em virtude da implantação das ciclofaixas, que demanda uma readequação na sinalização da pista. "Cada trecho tem um volume de sinalização que será apagada e então sinalizada novamente", afirma.

Arcelino Lima salienta, ainda, que a implantação da medida no decorrer da via, da Av. Dom Manuel até a Av. Virgílio Távora, em um trecho de aproximadamente 3,3 Km, será iniciada tão logo for finalizada a primeira etapa, concluindo o corredor Av. Domingos Olímpio- Av. Antônio Sales. A previsão é que até o fim de novembro o trabalho seja concluído. Com tudo pronto, a Antônio Sales ficará com uma ciclofaixa à esquerda, duas pistas para carro e uma faixa para ônibus.

A implantação seguirá o itinerário de fiscalização das demais faixas. "No primeiro momento, não haverá multa, apenas orientações. Trinta dias após a implantação, iremos começar a fiscalização eletrônica e fazer notificações, ainda em caráter educativo. Somente após mais 30 dias, inicia-se a penalização com multa", informa o secretário.

Conforme a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), 13 linhas de ônibus, que passam diariamente pela Av. Antônio Sales, serão beneficiadas. A expectativa do órgão é que o tempo de viagem na via seja reduzido em até 40%.

Outra via de Fortaleza que recebe o corredor exclusivo ainda nessa semana é a Av. Bernardo Manuel. Nela, 9,7 Km de faixas para o tráfego de ônibus, micro-ônibus, vans, táxis e transportes escolares serão dispostas desde a Av. Perimetral até a Av. Carlos Jereissati, no bairro do Aeroporto. No local, passam diariamente 13 linhas de ônibus. A entrega total do corredor está prevista para a próxima sexta-feira.

Adaptação

O processo de adaptação do fortalezense a essas medidas, conforme Arcelino Lima, está dentro da expectativa da Prefeitura. "É um programa novo, e evidente que acontecem os desrespeitos, mas está tudo dentro do limite", acrescenta.

O secretário esclarece, ainda, uma dúvida recorrente aos motoristas quanto ao uso das demais faixas. "A sinalização da via indica a exclusividade apenas das faixas dedicadas ao transporte coletivo, mas não diz que ele não pode usar as demais faixas. Os motoristas de ônibus são instruídos a não deixarem a faixa, apenas para ultrapassagem, mas se ele sair não se configura uma infração", explica.

A Prefeitura de Fortaleza planeja, até julho de 2015, implantar um total de 122 Km de faixas exclusivas para transporte público na Capital. As avenidas Engenheiro Santana Júnior, Washington Soares, Abolição e Raul Barbosa são algumas das demais vias que serão contempladas com as faixas.

De acordo com o secretário de infraestrutura de Fortaleza, Samuel Dias, a implantação das faixas são coordenadas com a implantação das obras de infraestrutura da Capital. Segundo ele, as alterações na Av. Antônio Sales já adiantam os efeitos do futuro corredor expresso Antônio Bezerra/Papicu. Além disso, diz ele, o início da utilização das faixas coincidirá com a liberação do viaduto, também, na avenida. "Até o fim dessa semana é a expectativa para concluirmos as obras e liberar o tráfego".

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Ônibus articulado começa a circular em Fortaleza

16/10/2014 - O Povo - Fortaleza / Estado do Ceará

Ao primeiro ronco do motor, os celulares não se aguentaram nos bolsos. Tinham de registrar em lentes que não fossem retina, guardar a novidade para alcançar outros olhos. Foi assim a primeira viagem do ônibus articulado que começou a circular pela Capital, como teste, na linha 084 - Antônio Bezerra/Messejana/Perimental. Ontem, o novo veículo se uniu aos 11 ônibus que fazem diariamente o trajeto entre os terminais do Antônio Bezerra e da Messejana.

A operação experimental funcionará até novembro, quando deve ser concluída a instalação das paradas de ônibus no canteiro central da avenida Bezerra de Menezes. Os serviços ocorrem para viabilizar o corredor exclusivo para ônibus (BRT, Bus Rapid Transit) na via.

Com o fim dos serviços, esse e outros sete ônibus articulados serão deslocados para fazer o itinerário entre o Terminal do Antônio Bezerra e o Centro, pelo corredor exclusivo. Como na avenida o embarque/desembarque será feito pelo lado esquerdo, os novos veículos já possuem as portas com adaptação.

O articulado tem ainda componentes de conforto, como ar-condicionado e suspensão pneumática, o que permite mais estabilidade no interior do coletivo. O veículo tem capacidade para transportar 150 passageiros, 55 a mais que os ônibus comuns.

Laydyelle Siqueira, 31, aprovou a novidade. A supervisora de logística precisa fazer diariamente todo o percurso do coletivo para chegar ao trabalho. Nos ônibus convencionais, segundo ela, é difícil encontrar assento vago e a quentura do sol sempre incomoda. "Mas se for todo dia com esse novo ônibus fica bom. Viajar sentado e com ar-condicionado facilita muito", comenta.

Outras avenidas

"Queremos testar vários atributos desses veículos, tanto em relação ao conforto de passageiros como às próprias características dos ônibus, por exemplo a capacidade de frenagem e aceleração", comenta Antônio Ferreira, presidente da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor). Segundo ele, a proposta é que esse experimento seja feito em outras vias da Capital, a depender da disponibilidade dos ônibus articulados. A prioridade, de acordo com Ferreira, serão linhas com grande fluxo de passageiros em vias que já possuem faixas exclusivas, como a avenida José Bastos.

Além dos oito veículos articulados que atuarão no corredor Antônio Bezerra/Centro, outros veículos como a mesma tecnologias farão o trajeto que ligará os terminais do Antônio Bezerra e do Papicu, também usando a avenida Bezerra de Menezes. Essa linha só funcionará em 2015, após intervenções nos cruzamentos da avenida Engenheiro Santana Júnior com as avenidas Antônio Sales e Padre Antônio Tomás, além da reestruturação do Terminal do Papicu.

Saiba mais

O POVO acompanhou a primeira viagem do ônibus articulado por Fortaleza. O trajeto entre os terminais do Antônio Bezerra a do Papicu durou exatos 50 minutos. Em alguns trechos da avenida Perimetral, principalmente no bairro Siqueira, as ondulações na via provocavam balanço intenso.

Esta não é a primeira vez que Fortaleza recebe ônibus articulados no sistema de transporte coletivo. Por dez anos, entre 1990 e 2000, os veículos "sanfonados" percorrem as ruas da cidade. A proposta, à época, era de os ônibus percorrem avenidas como Bezerra de Menezes, José Bastos e Aguanambi.

Ontem, um grupo de busólogos (pessoas interessadas por ônibus) acompanhou o primeiro dia dos novos coletivos.

O Estado do Ceará

População aprova ônibus articulado

No primeiro dia em circulação em Fortaleza, o ônibus articulado aguçou a curiosidade da população e foi aprovado pelos passageiros. O veículo começou a funcionar de forma experimental fazendo a linha 082, que realiza o trajeto Antônio Bezerra/Perimetral/Messejana.

No terminal de Messejana, um dos pontos de saída da linha, a maioria dos passageiros estranhou o novo ônibus, fazendo muitas perguntas ao entrar, principalmente sobre o itinerário. Outros nem se arriscaram a explorar o veículo até o final e preferiram ficar de pé, próximo ao motorista.  A aposentada Maria Estela ficou surpresa e quase não entrava no novo ônibus. "Pensei que eu tivesse errado a parada, mas eu não estava enganada. Perguntei ao motorista se os pontos de paradas ainda eram os mesmos, pois fiquei com medo que o itinerário tivesse mudado também", disse aprovando o conforto. "É mais espaçoso, dá para ir sentada e tem até ar-condicionado", contou.

O técnico de segurança do trabalho, Rafael Fernandes, é busólogo (gosta e estuda sobre ônibus) e fez questão de conhecer de perto o ônibus articulado. "Gostei do desempenho dele nas ruas, aparenta ser muito seguro, além de confortável. Acredito que o investimento que estão fazendo vai valer a pena, principalmente quando o corredor exclusivo começar a funcionar", disse. Rafael também falou sobre a diferença dos novos articulados com os que foram implantados nos anos 90 em Fortaleza. "A diferença é grande. Os antigos não tinha ar-condicionado, tinham portas só de um lado, eram muito quentes, barulhentos. Eu não me sentia seguro", recordou o busólogo.

O motorista da linha 082, Carlos Cristiano, nunca tinha dirigido um ônibus articulado, mas assegurou que achou fácil devido à sua experiência com carretas. "É um carro muito bom de dirigir e de fácil adaptação. Não fiz nenhum curso, mas como eu era motorista de carreta já sei como manobrá-lo", acrescentou, afirmando que o ônibus tem vários itens de conforto. "Gostei muito do sistema automático, porque acabou com a fadiga do braço e da perna, que incomoda muito os motoristas dos ônibus convencionais", explicou.

ETUFOR

Segundo a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), os motoristas não passaram por treinamento específico para dirigir o novo ônibus, é preciso apenas que tenham habilitação E. "Dezenas de motoristas já possuem essa capacitação, então à medida que os veículos forem chegando já teremos motoristas aptos para dirigi-los", informou a assessoria.

Paulo Ferreira é motorista de ônibus há 10 anos e estava empolgado com o novo veículo em circulação. Ele disse que até pensa em tirar carteira E para poder dirigir algum dos novos modelos. "Gostei do ônibus, muito bonito e parece ser bom de trafegar com ele nas ruas". Porém, Ferreira lembrou que os motoristas dos novos articulados ganham mais responsabilidade ao dirigi-lo. "No articulado, nós transportamos 100 pessoas a mais em comparação com o comum. Então, a responsabilidade dobra", alertou.

Já o cobrador Eden Melo citou o conforto como um dos melhores itens do ônibus. "O calor e o sol cansam muito o nosso trabalho. O ar-condicionado, com certeza, deixa o trabalho e a viagem dos passageiros mais confortável. Todos ficam felizes quando entram". Ele destacou, ainda, que, quando o novo ônibus articulado passa nas ruas, algumas pessoas acenam e tiram fotos. "Estão gostando da novidade".

ÔNIBUS

O ônibus articulado tem como característica principal o aumento da capacidade de passageiros, passando de 95 para 150 lugares. Além disso, itens de conforto como ar-condicionado, suspensão pneumática, câmbio automático, portas elétricas, câmeras de ré e de segurança espalhadas no veículo. Os ônibus também contam com portas elevadas, que serão utilizadas nas estações do corredor Antônio Bezerra/Centro e portas na altura padrão, para as paradas no restante da cidade.

A linha 082 foi escolhida para iniciar o experimento por fazer a ligação entre os dois grandes terminais da cidade, Antônio Bezerra e Messejana, passando por vias como Av. Mister Hull, R. Cel. Matos Dourado, R. Cônego de Castro, Av. Pres. Costa e Silva e Av. Jornalista Tomás Coelho. Segundo a Etufor, o ônibus articulado será acrescentado à frota dessa linha até o início da operação do corredor Antônio Bezerra/Centro, passando a operar exclusivamente no corredor após a inauguração. O veículo articulado circula diariamente entre 5h45 e 20h23, com o preço normal da tarifa: R$ 2,20 (inteira) e R$ 1,10 (meia).

A assessoria da Etufor informou, também, que outro ônibus articulado está em processo de licenciamento e deve iniciar a operação em breve. "A expectativa é que oito articulados estejam circulando no corredor Antônio Bezerra/Centro até o final desse mês", garantiu a Etufor.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Ônibus articulado começa a funcionar nesta quinta em Fortaleza

15/10/2014 - G1 CE / O Estado do Ceará


O primeiro ônibus articulado do Sistema de Transporte Coletivo de Fortaleza começa a funcionar nesta quinta-feira (15). O veículo vai circular em fase experimental na linha 082- Antônio Bezerra/Messejana/Perimetral. O equipamento tem capacidade para transportar 150 passageiros.

Oito novos ônibus iguais ao que começará a ser testado foram adquiridos para circular definitivamente no corredor Antônio Bezerra/Centro, com previsão de início de circulação para o próximo mês.

A linha 082-Antônio Bezerra/Messejana/Perimetral faz a ligação entre os terminais do Antônio Bezerra e de Messejana e passa pelas Avenida Mister Hull, Rua Coronel Matos Dourado, Rua de Cônego de Castro, Avenida Presidente Costa e Silva e Avenida Jornalista Tomás Coelho.

O coletivo articulado será acrescentado à frota desta linha até o início da operação do corredor Antônio Bezerra/Centro, e vai funcionar exclusivamente no corredor após a inauguração. A condução articulada funcionará diariamente das 5h45 às 20h23, com o preço atual da passagem de Fortaleza, R$ 2,20 (inteira) e R$ 1,10 (meia).

Em fevereiro desse ano, a linha 041-Parangaba/Oliveira Paiva/Papicu contou com ônibus articulados que funcionaram em fase de testes, esse período serviu para às empresas de ônibus da capital apresentaram modelos para serem escolhidos para integrar o Sistema de Transporte Público de Fortaleza.

Corredor Antônio Bezerra/ Centro

O corredor exclusivo de ônibus Antônio Bezerra/Centro, que ligará o Terminal do Antônio Bezerra ao Bairro Centro, com percurso de 8,2 km, tem previsão de conclusão para o próximo mês.

 

O Estado de Ceará

Ônibus articulado inicia fase experimental hoje

O primeiro ônibus articulado do Sistema de Transporte Coletivo de Fortaleza entra em funcionamento comercial, na manhã de hoje. Os veículos estão fazendo a linha 082 - Antônio Bezerra/Messejana/Perimetral e funcionam das 5h45 às 20h23. A tarifa é a mesma cobrada pelos ônibus comuns: R$ 2,20 (inteira) e R$ 1,10 (meia). De acordo com a Prefeitura de Fortaleza, os ônibus funcionarão em caráter experimental até o próximo mês.

Além do tamanho diferente dos convencionais, o ônibus articulado conta com itens de conforto como: sistema de ar-condicionado, suspensão pneumática e câmbio automático. O veículo também tem piso baixo, sem desnível ou degraus, o que facilita a mobilidade dentro do coletivo e, ainda, portas dos dois lados, sendo metade delas elevadas para serem usadas no embarque e desembarque nas estações do corredor exclusivo Antônio Bezerra/Centro, localizado na Avenida Bezerra de Menezes. Outra mudança é a quantidade de passageiros que serão transportados por veículo, que aumenta de 95 para 150.

A LINHA

A linha 082 faz a ligação entre os terminais do Antônio Bezerra e Messejana, e passa pelas Avenidas Mister Hull, Rua Coronel Matos Dourado, Rua de Cônego de Castro, Avenida Presidente Costa e Silva e Avenida Jornalista Tomás Coelho. Porém, segundo a assessoria da Prefeitura de Fortaleza, o novo ônibus funcionará nesta linha só até o início da operação do corredor exclusivo.

CORREDOR EXCLUSIVO

Oito novos ônibus articulados foram adquiridos para circular, definitivamente, no corredor exclusivo Antônio Bezerra/Centro que, de acordo com a Prefeitura, deverá ser inaugurado em novembro. O corredor ligará o Terminal do Antônio Bezerra ao bairro Centro e terá um percurso de 8,2 quilômetros.

O corredor Antônio Bezerra / Centro é a primeira etapa do corredor Antônio Bezerra / Papicu, que terá extensão total de 17,4km. As obras de construção das estações que integram o plano da Prefeitura prevê a implantação de 130 quilômetros de corredores de ônibus, com um investimento total de R$ 1,5 bilhões.

Segundo a Prefeitura, quando o corredor estiver concluído, as quatro faixas (duas em cada sentido) ao lado do canteiro central da Av. Bezerra de Menezes serão utilizadas apenas pelo transporte público e as quatro faixas junto aos passeios (duas em cada sentido), que hoje funcionam como faixas exclusivas para o BRS (Bus Rapid System), serão restituídas para o trânsito de veículos particulares.

TESTES

Em fevereiro deste ano, os fortalezenses tiverem a oportunidade de conhecer e experimentar os ônibus articulados. Eles circularam na cidade fazendo a linha 041 - Parangaba/Oliveira Paiva/Papicu.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Linha 2450 - TI Camaragibe (Centro) passa a funcionar exclusivamente com BRTs

12/10/2014 - Folha de Pernambuco


A partir desta segunda-feira (13) a linha 2450 – Camaragibe (Centro) passará a circular exclusivamente com veículos BRT. A ação é mais um passo para a implantação total do Corredor Leste-Oeste, com previsão até o final do ano. Devido à mudança, a linha 2480 – TI Camaragibe/Derby terá acréscimo de cinco veículos e passa a circular com 15 BRTs, realizando 97 viagens e com intervalo de sete minutos no horário de pico. A linha 2450 continua operando com 18 veículos e realizando 119 viagens por dia, com o mesmo intervalo de sete minutos.

As linhas do Via Livre têm origem no Terminal Integrado de Camaragibe e seguem para a Praça do Derby e para a Avenida Guararapes, na área central do Recife, atendendo todas as dez estações em funcionamento do corredor. Os pontos de parada são as estações Capibaribe, BR-101, Caiara, Parque do Cordeiro, Forte do Arraial, Getúlio Vargas, Zumbi, Abolição, Derby e Guararapes.

Com a novidade, os usuários moradores do município de Camaragibe, com destino ao centro do Recife, continuam com as opções de deslocamento por integração temporal ou pelas linhas que seguem direto para o Centro, sendo elas: 2459 – Loteamento Santos Cosme e Damião, 2442 – Jardim Primavera (Vale das Pedreiras), 2445 - Tabatinga e 2446 – UR-07.

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Viadutos do Cocó vão funcionar até o fim deste mês

07/10/2014 - Diário do Nordeste - Fortaleza


Pivôs de inúmeras polêmicas, os viadutos das avenidas Antônio Sales e Engenheiro Santana Júnior, no bairro Cocó, serão entregues à população ainda neste mês, garante o secretário de Infraestrutura de Fortaleza, Samuel Dias. Cerca de 90% da obra estão concluídos, faltando apenas o encabeçamento dos equipamentos, além de intervenções que envolvem urbanização, pavimentação e paisagismo da via.

Inicialmente, o gestor havia ressaltado que os viadutos seriam finalizados em outubro, mas fez ressalvas quanto à data de entrega. O secretário se precavia quanto às obras complementares, como a construção de canteiros e calçadas e a sinalização e iluminação do ambiente. Ontem, porém, Dias assegurou que o aparelho já receberá veículos até o fim deste mês.

"Na verdade, os viadutos já estão prontos. O que está sendo feito agora é o encabeçamento, que é a ligação dos viadutos com a pista. Até o fim do mês, sem dúvida, esta obra vai estar entregue, pronta e funcionando", garante Samuel Dias.

Dentre as obras de pavimentação que serão concluídas, estão a expansão da largura das vias e uma elevação no nível da pista. "Embaixo dos viadutos, tem toda uma parte de urbanização, com canteiros, calçadas e iluminação, paisagismo e pavimentação das vias, que estão mais largas e sofreram uma elevação de 80 cm para evitar inundação e problemas com drenagem", salienta o secretário. Desde o último dia 22, a conversão à esquerda na Rua Francisco Gonçalves, para quem segue na Av. Engenheiro Santana Júnior, sentido Sul-Centro, está proibida.

O desvio, que tinha previsão de ir até o dia 1º, terminará hoje, assegura Samuel Dias. As obras do viaduto completaram um ano no último domingo (5).

Fiscalização

Ontem, a Prefeitura começou a fiscalização eletrônica em caráter educativo em mais uma faixa exclusiva de ônibus na Capital. Os motoristas que trafegarem sob a área exclusiva dos coletivos na Avenida da Universidade, nos próximos 30 dias, receberão um alerta da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC).

Segundo o secretário de infraestrutura, a implantação desses corredores exclusivos já aumentou em 40% a velocidade dos coletivos. "As pessoas ainda estão em fase de adaptação, mas já podemos observar ganhos com a implantação dessas faixas de ônibus. Isso é importantíssimo, porque grande parte da população anda de ônibus", avalia.

Obras deixam trânsito lento na Av. Bezerra de Menezes

Os congestionamentos na Avenida Bezerra de Menezes já fazem parte do dia a dia dos motoristas, principalmente nos horários de pico. A situação ficou ainda mais complicada desde o mês de maio, quando começaram as obras do corredor exclusivo de ônibus Antônio Bezerra/Centro, que ocupam uma faixa, nos dois sentidos, em alguns trechos.

A partir do cruzamento da avenida com a Rua Padre Anchieta, o trânsito vai ficando mais lento e, consequentemente, complicado. O problema acaba se estendendo por vários quarteirões. A fila de ônibus e vans é tão grande que fica quase impossível conseguir contar. Carros e motos se apertam nas outras faixas da via e acabam demorando vários minutos para percorrer poucos metros.

Com o intuito de fugir do engarrafamento, os motoqueiros utilizam o espaço destinado aos ciclistas, já que a obra os impede de usar a ciclovia. Além disso, alguns pedestres também usam aquela área. Assim, quem anda de bicicleta encontra diversos obstáculos pela frente.

Os pedestres são bastante prejudicados com o trânsito intenso, já que sobram poucos espaços para atravessar a avenida, mesmo com o semáforo fechado. Passar de um lado para o outro da Bezerra de Menezes se torna uma tarefa demorada e perigosa.

Todos os dias, o vendedor Francisco Fábio da Silva recebe reclamações de seus clientes devido à situação do trânsito na Avenida Bezerra de Menezes. "Os clientes chegam aqui e a primeira coisa que fazem é reclamar da lentidão e do congestionamento. Até mesmo os ônibus estão demorando mais".

Para Fábio da Silva e seus companheiros, a situação também ficou complicada. Seja de carro, moto ou transporte coletivo, ficou mais difícil chegar e ir embora do trabalho.

A implantação do BRT do corredor exclusivo de ônibus Antônio Bezerra /Centro tem prazo de entrega até o dia 15 de novembro, garantiu o titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf), Samuel Dias. A data estipulada pelo órgão marca quase dois meses de atraso em relação ao primeiro prazo, que era ainda em setembro.

Estações

O secretário ressalta que as dez estações ao longo da via estão em andamento e que o próximo passo é finalizar as ilhas de coleta de passageiros. "As estações de aço, que serão colocadas dentro das ilhas que estão sendo construídas, já estão sendo fabricadas, e a expectativa é que, na primeira quinzena de novembro, possamos entregar a via completa e funcionando", projeta o secretário, ressaltando que o primeiro ônibus expresso já se encontra em Fortaleza.

Samuel Dias define, a partir da mudança das faixas exclusivas da direita para a área central, os três grandes beneficiados com a implantação do corredor. "Vai melhorar a vida do condutor de veículo, que vai estar circulando junto aos comércios. Vai melhorar também a vida dos comércios, que vão ter acesso mais fácil aos motoristas. E vai melhorar ainda o transporte coletivo, que deixa de ter a interferência com os carros quando esses vão fazer a conversão à direita", salienta o gestor.

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Grande recife: Corredor Norte/Sul ganha mais um BRT

03/10/2014 - Diário de Pernambuco / Folha de Pernambuco

A partir desta sexta-feira (03), a linha 1979-TI Pelópidas (Dantas Barreto), que liga Paulista ao Centro do Recife, passa a operar exclusivamente com o Bus Rapid Transport (BRT). Com a mudança, o transporte atenderá, nos dois sentidos, às quatro estações do Corredor Norte/Sul (Tacaruna, 13 de Maio, Riachuelo e Praça da República).

A rota percorrida pelo ônibus também passará por alterações. Começando no Terminal Integrado Pelópidas Silveira, o BRT deixará de trafegar pela Rua do Sol e passará a fazer o retorno na Avenida Dantas Barreto, realizando itinerário pela Av. Cruz Cabugá, Rua do Hospício, Rua do Riachuelo, Rua da Aurora, Ponte Princesa Isabel, Praça da República, AV. Dantas Barreto, Rua Siqueira Campos, Rua Cleto Campelo, Av. Guararapes, Ponte Duarte Coelho, Rua da Aurora e Rua do Riachuelo.

Outra mudança é que o 1979 também passará a integrar no terminal, tanto no sentido cidade/subúrbio quanto subúrbio/cidade. Dentro do TI PE-15, o embarque e desembarque serão sinalizados nas plataformas. Ao todo, serão 12 BRTs realizando 88 viagens com intervalo de cinco minutos nos horários de pico. A linha circulará de segunda a sexta, das 5h30 às 19h40.

Folha de Pernambuco

Nova linha do BRT em ação no Recife

Novidades para os moradores do município de Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR), e que seguem com destino ao Centro do Recife. A partir desta sexta-feira (03), começa a operar uma nova linha do sistema Via Livre do Bus Rapid Transit (BRT), circulando pelo corredor Norte-Sul. A 1979 - TI Pelópidas (Dantas Barreto) seguirá do Terminal Integrado Pelópidas Silveira atendendo as quatro estações em operação no corredor: Tacaruna, 13 de Maio, Riachuelo e Praça da República. Com a implantação dessa segunda linha do ramal, o trajeto feito pelos ônibus convencionais que atendiam a linha, deixará de existir.

Com a mudança, a nova linha do BRT deixará de trafegar pela rua do Sol e passará a fazer retorno na avenida Dantas Barreto. Após sair do TI, os coletivos seguirão pela PE-015, avenida Pan Nordestina, e, na sequência, avenida Cruz Cabugá, rua do Hospício, rua do Riachuelo, rua da Aurora, Ponte Princesa Isabel, Praça da República, avenida Dantas Barreto, rua Siqueira Campos, rua Cleto Campelo, avenida Guararapes, Ponte Duarte Coelho, rua da Aurora e rua do Riachuelo, retornando para a Cruz Cabugá, no sentido Paulista.

Ao todo, a nova linha circulará com 12 BRTs realizando 88 viagens, com um intervalo de cinco minutos nos horários de pico. A TI Pelópidas (Dantas Barreto) vai circular de segunda a sexta, das 5h30 às 19h40.

Os usuários do TI PE-015 também serão beneficiados com a nova linha. Com o início da operação exclusiva com BRT, a 1979 também passará a integrar no terminal, tanto no sentido cidade/subúrbio quanto no inverso, dando mais opções aos usuários com destino ao Centro do Recife. Dentro do terminal, o embarque e desembarque da linha serão indicados por totens.

Já a operação do Via Livre 1915 - PE-015 (Dantas Barreto) continua inalterada. São 14 BRTs, fazendo 143 viagens e um intervalo de cinco minutos entre um veículo e outro. Segundo o Grande Recife Consórcio de Transporte, a expectativa é que, com a novidade, o corredor Norte/Sul passe a atender cerca de 17.800 mil passageiros por dia.