segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Recife: Obras do Corredor Leste-Oeste começam hoje na Caxangá

26/12/2011 - Diário de Pernambuco

A previsão da Secretaria das Cidades é que as obras sejam concluídas em março de 2013. As intervenções no corredor custarão R$ 165 milhões

Economizar a cada mês o equivalente a um dia inteiro no trânsito é um ganho para motoristas e passageiros. Essa é a meta esperada com a obra do corredor Leste-Oeste na Avenida Caxangá. O pontapé inicial será dado hoje, com a construção da primeira estação nos moldes do Transporte Rápido por Ônibus (TRO). Após a conclusão, quem seguir do Derby até o Terminal de Integração de Camaragibe gastará 30 minutos a menos em cada viagem. A previsão da Secretaria das Cidades é que as obras sejam concluídas em março de 2013. As intervenções no corredor custarão R$ 165 milhões. 
 
As paradas de ônibus da Avenida Caxangá passarão a ser estações fechadas, com ar refrigerado e acesso em nível, facilitando a circulação de pessoas com deficiência. As portas das estações abrirão de forma automática e estarão alinhadas aos acessos dos ônibus, facilitando a entrada do usuário. O sistema é semelhante ao usado no metrô. O novo modelo permitirá que o passageiro aguarde o coletivo em um espaço climatizado. Cada unidade terá guichê, agilizando a compra dos bilhetes, e dispositivos eletrônicos que indicando a previsão de chegada do coletivo à plataforma.
 
“Haverá um grande salto de qualidade. Mais agilidade, mais conforto”, explicou o secretário-executivo de Mobilidade da Secretaria das Cidades, Flávio Figueiredo. Além da faixa exclusiva, o pagamento das passagens será antecipado. Os coletivos serão mais largos e terão preferência nos cruzamentos, reduzindo o tempo da viagem. “Os ônibus serão monitorados por um sistema de controle operacional. Será possível dizer a que momento ele chegará a estação”, disse. 
 
A tecnologia será implantada em 22 estações de embarque e desembarque, ao longo dos 12,3 km do corredor Leste-Oeste. A previsão é que as obras nas duas primeiras unidades durem dois meses para serem concluídas e 30 dias nas demais. Além das estações, serão construídos um túnel, na Rua Real da Torre, perto do Museu da Abolição, e outros dois elevados, na 3ª perimetral, próximo ao Hospital Getúlio Vargas. Um viaduto será construído nas proximidades da UPA da Caxangá.  A Secretaria das Cidades estuda a instalação de um túnel na Estrada dos Remédios.
 
 Na próxima semana, o conceito também passará a fazer parte do corredor Norte-Sul. São 33,2 km de extensão, entre o Terminal Integrado de Igarassu e a Estação Central de Metrô do Recife, passando ainda por Abreu e Lima, Paulista e Olinda. Ao todo, 33 estações do tipo TRO estarão interligadas a quatro terminais: Abreu e Lima, Igarassu, Pelópidas Silveira e PE-15. 
 
Saiba mais:
 
Corredor Leste-Oeste
 
Ligará o Terminal de Integração de Camaragibe ao Derby 
 
12,3 km de corredor
R$ 165 milhões é valor estimado da obra
22 estações serão instaladas. Elas substituirão as atuais paradas de ônibus
Março de 2013 é a previsão para a conclusão da obra. A meta é usar o novo sistema já na Copa das Confederações
 
Serão erguidos ainda:
 
1 túnel
1 viaduto
2 elevados
 
Mudança em 14 linhas de ônibus

As paradas de ônibus com número de ordem 13 da Avenida Caxangá, em frente ao Caxangá Golf Clube, serão as primeiras a receberem o conceito TRO. Os passageiros das linhas que passam pelo ponto, em direção ao Recife ou no sentido Camaragibe, devem ficar atentos. 
 
O embarque e o desembarque dos passageiros que seguem do Recife em direção a Camaragibe, nas 14 linhas que atendem a área, serão realizados em uma parada instalada na calçada da avenida, em frente ao Caxangá Golf Clube. Já os usuários das 13 linhas que partem de Camaragibe em direção ao Recife devem utilizar a parada instalada em frente à Praça Engenheiro Poeta, ao lado do Galpão Shalon. A previsão é que os pontos de ônibus sejam desativados a partir das 10h.
 
“A população deve ficar atenta aos cartazes. Estamos esperando o fechamento para levar os nossos divulgadores aos locais”, comentou a gerente de programação do Grande Recife Consórcio de Transportes, Cristiana Guerra. A meta é fazer a ação de orientação com duas duplas de técnicos, uma em cada lado da Avenida Caxangá. Informativos afixados nas paradas, em ambos os lados, explicam as alterações. 
 
Depoimentos
 
"Acho importante que uma obra como essa seja realizada. Mas penso que vai haver muito transtorno. Não sabia que a parada de ônibus ficaria fechada por um tempo” 
 
João Francisco Santana, 39, metalúrgico
 
"As obras serão boas. Fui pega de supresa. Não sabia de nada mesmo. Não achei nenhum informativo na parada de ônibus. Mas o transporte coletivo precisa ser melhorado. Está muito ruim”

Maria Batista, 52, empregada doméstica 
 
"Acho maravilhoso. O acesso será facilitado. Hoje, a iluminação e a segurança ainda estão muito precárias.  Falta policiamento também. Uso essa parada três vezes por semana e sei de todas as dificuldades”
 
Lidiana Batista, 17, estudante
 

No Recife, começam as obras do Corredor Leste-Oeste nesta segunda

26/12/2011 - G1

Empreendimento integra conjunto de ações para melhorar mobilidade.
Via terá 12 km de extensão e deve beneficiar cerca de 900 mil pessoas.

Começam nesta segunda-feira (26), no Recife, as obras do Corredor Leste-Oste com o objetivo de melhorar a mobilidade urbana. O projeto cria uma faixa exclusiva de ônibus, ligando a Avenida Conde da Boa Vista, no centro, à Avenida Caxangá, na Zona Oeste da cidade. O empreendimento será construído pelo Governo de Pernambuco como parte das obras de mobilidade para o período da Copa do Mundo de 2014, que terá um recurso de cerca de R$ 600 milhões.

Com extensão de 12 quilômetros, a obra também contempla a restauração de calçadas e a criação de novas paradas de ônibus na Avenida Conde da Boa Vista, no centro do Recife. A via deverá beneficiar 900 mil pessoas diretamente e 27 mil veículos que circulam pela faixa. A previsão de conclusão é de um ano e meio.

Além disso, o governo irá realizar mais outros três projetos. São eles: o Terminal de Metrô Cosme e Damião, o Ramal Cidade da Copa (corredor de ônibus que ligará o bairro do Timbi, em Camaragibe, à Arena Pernambuco, no município de São Lourenço da Mata) e uma passarela de 460 metros que ligará o metrô do Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre ao terminal de ônibus.

O Terminal de Metrô Cosme e Damião, na linha centro, será construído entre as estações Rodoviária e Camaragibe do Metrô do Recife. O terminal permitirá aos passageiros chegar à rodoviária da capital pernambucana com acesso rápido à linha BRT Leste-Oeste, que fará ligação com a Arena Pernambuco.

O Ramal da Copa, que está prometido para a Copa das Confederações em 2013, está com o processo de licitação concluído. “Pernambuco já concluiu todas as licitações dos seus projetos de mobilidade urbana. No momento, estamos priorizando o Ramal da Copa e o Terminal Cosme e Damião. Esperamos ter todas as obras prontas até março de 2013”, afirmou o secretário das Cidades do Estado, Danilo Cabral, em entrevista ao Bom Dia Pernambuco desta segunda-feira (26).

Além disso, serão construídos mais quatro viadutos na Avenida Agamenon Magalhães, correspondendo ao corredor Norte-Sul da Cidade. “Hoje em dia, a velocidade média dos veículos no local é de 18 km/h e, com a obra, isso aumentará para 33 km/h”, destacou o secretário. A primeira etapa do Norte-Sul a ser construída ligará o município de Igarassu, na Região Metropolitana, ao centro do Recife, e a segunda, do Shopping Tacaruna, em Olinda, até a Estação de Metrô Joana Bezerra, na Ilha do Leite, área central da capital pernambucana. 

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Paradas de ônibus são retiradas em Teresina e integração começa

19/12/2011 - Cidade Verde

A avenida Frei Serafim conta com uma faixa exclusiva para ônibus, sinalizada na cor azul. Nesta via só será permitido o trânsito dos coletivos e táxis com passageiros. A mudança visa melhorar a fluidez do trânsito na avenida.

Segundo a superintendente Alzenir Porto, os veículos comuns e taxis sem passageiros serão multados se permanecerem na faixa azul sem a intenção de dobrar na esquina seguinte. Quatorze câmaras farão a fiscalização ao longo da avenida, sendo ao menos uma por quarteirão. 

Outra providência da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) foi a retirada de várias paradas de ônibus ao longo da Frei Serafim, além da criação de uma baia para embarque e desembarque de passageiros.  

Integração 

A integração os coletivos a partir desta segunda-feira também passam a ser integrados através da parametrização. Os usuários que possuem bilhete eletrônico irão pagar apenas meia passagem na segunda viagem se utilizarem este segundo ônibus no período de hora. Os estudantes pagarão, respectivamente, meia e ¼ de passagem. 

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Obras de mobilidade aguardam desapropriações

12/12/2011 - Mobilize Brasil, Gabriela Ribeiro

As quatro obras de mobilidade urbana do governo estadual têm ordem de serviço assinada, mas esbarram na desapropriação de ao menos 250 imóveis.

No total, estão planejados R$ 991,3 milhões em investimentos viários e no transporte público até 2013. O destaque é para a construção de três corredores rápidos de ônibus, os chamados BRTs (Bus Rapid Transit).

Essencial para a Copa do Mundo, o BRT Ramal Cidade da Copa será a principal via de acesso ao município de São Lourenço da Mata, na Grande Recife. É lá que está sendo erguida a Arena Pernambuco, que integra um projeto urbanístico que leva o nome do ramal de BRT.

A linha terá 6,3 km de extensão, saindo da av. Belmiro Correia, em Camaragibe, e cruzando a Cidade da Copa até a BR-408, que está sendo duplicada. Além do BRT, o ramal terá duas pistas de carro, ciclovia, uma ponte e um viaduto sobre o metrô.

Outra obra que deve facilitar o acesso à Arena Pernambuco é a do Terminal Integrado Cosme e Damião, que será construído ao lado de uma estação de metrô em São Lourenço da Mata numa área de 7.625.74 m². A construção do metrô já começou. Mas para as obras do terminal, o governo ainda negocia a remoção de 58 imóveis e a compra de 14 terrenos.

A estimativa do governo é que o Terminal Integrado seja entregue no final de 2013, quando os três BRTs de Recife estiverem em funcionamento. O Cosme e Damião terá duas plataformas de embarque e desembarque, uma para ônibus convencionais e outra para ônibus do BRT.
 
Integração

Além das obras que vão atender diretamente o estádio da Copa, o governo planejou outros dois BRTs para integrar a Região Metropolitana do Recife. O corredor Norte-Sul, que vai passar pelos municípios de Igarassu, Abreu e Lima, Paulista, Olinda e Recife.

Com 12,5 km de extensão, o corredor Leste-Oeste vai fazer o transporte de passageiros do bairro Derby, que fica próximo ao centro da cidade, até o Terminal Integrado de Camaragibe, atravessando a avenida Caxangá, onde as paradas serão substituídas por estações.

Também planejada para a Copa, a Via Mangue será a primeira via expressa do Recife. Com 4,37 km de extensão, é a única obra da Copa sob a responsabilidade da prefeitura. As obras começaram em junho, com dois meses de atraso em relação ao prazo da Matriz de Responsabilidades. Mesmo assim, a prefeitura estima que 20% do projeto está concluído.

A Via Mangue vai atender à zona sul, que concentra o setor hoteleiro de Recife. Serão construídas faixas de rolamento para veículos, dois elevados, oito pontes, duas alças de ligação, ciclovias e calçadas de pedestres.
 
Obras de mobilidade em Recife

BRT Ramal Cidade da Copa
Status: atrasada
O que é: com 6,3 km de extensão, BRT ligará o centro de Recife à São Lourenço da Mata, cidade onde está sendo construída a Arena Pernambuco.
Estágio: ordem de serviço foi assinada em 1º de outubro; obra aguarda desapropriações.
Valor: R$ 182,6 milhões (R$ 99 milhões financiados pela CEF).

BRT Norte / Sul
Status: atrasada
O que é: sistema de corredores rápidos de ônibus (BRT) vai ligar os municípios de Igarassu, Abreu e Lima, Paulista e Olinda à capital do Pernambuco.
Estágio: ordem de serviço assinada em 17 de novembro; obra aguarda desapropriações.
Valor: R$ 219,6 milhões (R$ 159,1 milhões financiados pela CEF).
BRT Leste/Oeste
Status: atrasada
O que é: sistema de corredores rápidos de ônibus (BRT).
Estágio: ordem de serviço assinada em 17 de novembro; obra aguarda desapropriações.
Valor: R$ 133,6 milhões (R$ 71 milhões financiados pela CEF).

Terminal Cosme Damião
Status: atrasada
O que é: terminal vai integrar os três BRTs da cidade ao metrô.
Estágio: ordem de serviço assinada em 21 de outubro; obra aguarda desapropriações.
Valor: R$ 21,7 milhões (R$ 15 milhões financiados pela CEF).

Corredor da Via Mangue
Status: iniciada
O que é: primeira via expressa de Recife, obra da prefeitura terá 4,5 km de extensão. Criará um corredor exclusivo de veículos para a zona sul da cidade, que concentra o setor hoteleiro.
Estágio: obras começaram em junho de 2010, com dois meses de atraso.
Valor: R$ 433,8 milhões (R$ 331 milhões financiados pela CEF).