segunda-feira, 27 de julho de 2015

Grande Recife: Linhas do BRT Norte/Sul passam a operar de forma semi-expressas

26/07/2015 - GRCT

A partir deste sábado (25), os usuários que utilizam as linhas 1915 – TI PE-15 (Dantas Barreto) e 1979 – TI Pelópidas (Dantas Barreto), do Corredor Via Livre Norte/Sul, chegarão mais rápido a seus destinos. É que essas duas linhas passarão a operar de forma semi-expressa, diminuindo o tempo de viagem dos passageiros. 

A operação funcionará da seguinte maneira: As linhas seguirão expressas a partir do TI PE-15 até a Estação Tacaruna, ou seja, deixarão de atender as estações em funcionamento Bultrins, Quartel, Sítio Histórico, Mathias de Albuquerque e Kennedy. A mudança acontecerá tanto no sentido subúrbio/cidade quanto no cidade/subúrbio.

É importante lembrar que as demais estações do corredor continuarão sendo atendidas normalmente por essas linhas. 

Para mais informações os usuários dispõem da Central de Atendimento ao Cliente no número 0800.081.0158. 

Informações: GRCT

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Prefeitura reforça monitoramento no Corredor Expresso da Avenida Bezerra de Menezes

24/07/2015 - Fortalbus

O Corredor Expresso Fortaleza será monitorado por meio de um Centro de Controle Operacional (CCO) instalado no terminal Antônio Bezerra. O painel é composto por seis telas que acompanham 88 câmeras instaladas nas onze estações, que transmitem, em tempo real, a operação de transporte realizada no Corredor Expresso Fortaleza. Os painéis serão monitorados pelos funcionários da Empresa de Transporte Urbano (Etufor) a fim de verificar a programação da linha 200 e comprovar a eficiência do serviço.



A partir do monitoramento, a Etufor pode verificar a velocidade média comercial da linha, o embarque e desembarque dos passageiros, cumprimento dos horários, o funcionamento do sistema de automação nas portas, entre outras questões relevantes. Esse serviço será disponibilizado para a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (CIOPS), favorecendo a segurança dos usuários nas estações.

Desde 2008, a Etufor monitora os veículos das frotas de ônibus e vans de Fortaleza através do GPS (Global Positioning System - Sistema de Posicionamento Global). O sistema é uma importante ferramenta de radionavegação, baseada em satélites, que auxilia a administração municipal no gerenciamento do transporte público, na medida em que fornece informações diárias sobre a performance dos carros nas ruas da capital. Os dados contidos nos relatórios fornecidos pelo sistema também contribuem para melhorar o planejamento do transporte público, otimizando resultados e aumentando as chances de iniciativas bem sucedidas.



A Prefeitura de Fortaleza também inicia, nesta semana, uma força tarefa de caráter preventivo para evitar ocupações irregulares nas estações do Corredor Expresso e áreas próximas. A ação é articulada pela Coordenadoria das Regionais e composta por agentes da Etufor, das Secretarias Regionais I e III, além da Guarda Municipal e da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis). Inicialmente, os fiscais vão monitorar as onze estações por meio de equipes móveis e fixas, especialmente durante os horários de maior movimentação de usuários do transporte público, além de manter permanente contato com a Guarda Municipal.

A ideia é avaliar, semanalmente, a eficácia da operação para aprimorar os trabalhos. De acordo com o coordenador executivo de Articulação das Secretarias Regionais, Pedro Rocha, "a intenção é prestar apoio ao cidadão, já que essa é uma experiência histórica para Fortaleza que nunca teve um modelo de transporte eficiente e diferenciado como o Corredor Expresso".



Corredor Expresso

Com a nova operação, a linha 200 - Antônio Bezerra/Centro passa a utilizar a Faixa 2 do corredor ao lado do canteiro central. Assim, os usuários da linha só poderão utilizar as estações pra embarcar e desembarcar pelas portas do lado esquerdo dos ônibus articulados. Em breve, passa a operar também nas estações a linha 222 - Antônio Bezerra/Papicu/Antônio Sales.

O embarque no coletivo continua sendo realizado pela porta traseira e o desembarque pelas duas portas dianteiras. O embarque de idosos, gestantes, pessoas com deficiência ou dificuldade de locomoção deve ser feito pela porta dianteira mediante pagamento junto ao cobrador. Os usuários que contam com cartão de gratuidade devem utilizar a porta de embarque.



O corredor exclusivo liga o novo terminal do Antônio Bezerra ao centro. A entrada e saída das estações são realizadas pelas rampas que ficam próximas aos abrigos. A sinalização orienta por onde os passageiros devem seguir, inclusive com piso podotátil. As estações são dotadas de sistema de automação que viabiliza as portas automáticas de maneira sincronizada com a chegada e saída dos veículos.

As fiscalizações de trânsito permanecem de forma contínua, por meio de câmeras, em diversos pontos ao longo da Av. Bezerra de Menezes, e de agentes da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), inclusive com a fiscalização de estacionamentos irregulares. No caso do BRT, que é segregado fisicamente pelo gelo baiano, não há exceções de uso para veículos, como é o caso das faixas exclusivas, sendo expressamente para o ônibus.

Dilma Rousseff deve anunciar VLT, BRT e obras em encostas de Salvador em agosto

24/07/2015 - Salvador Notícias

Na última quarta-feira (22), o governador Rui Costa (PT) esteve em Brasília com o objetivo de alinhar e arrematar inúmeros projetos de áreas de mobilidade urbana e de contenção de encostas para capital baiana. Rui, que está entre os governadores mais bem avaliados pela presidente Dilma Rousseff, segundo a coluna Tempo Presente, do jornal A Tarde, deixou agendado o dia 4 de agosto para o anúncio de importantes obras baianas pela presidente, no total de R$ 8 milhões. A data ainda deve ser confirmada por Dilma, mas a petista deve vir a Salvador já neste mês de agosto.

Entre as obras que devem ser anunciadas, estão a do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) — substituto do trem do subúrbio —, ligando os bairros do Comércio a Paripe, custando R$ 1,5 bilhão; O BRT, projeto de ACM Neto, que custa R$ 300 milhões federais e R$ 500 milhões da prefeitura de Salvador financiados pela Caixa Econômica Federal; além de várias intervenções nas encostas de Salvador, ao custo de R$ 200 milhões.

Em relação as obras de contenção de encostas da cidade, Rui Costa disse que aceita até empréstimo. "É pelo caráter emergencial. A Bahia não tem dinheiro em caixa, mas nossos indicadores de crédito são positivos. É como um cidadão que não tem saldo bancário, mas está com o nome limpo", afirmou.

Andréia Barros

Depois de 9 dias parada, Justiça libera obra do BRT em Feira

24/07/2015 - A Tarde - Salvador

Leia: Governo autoriza construção do BRT em Feira de Santana - A Tarde - Salvador

A Justiça, que tinha proibido as obras do sistema BRT em Feira de Santana (há 109 km de Salvador), voltou atrás e autorizou a continuidade do trabalho. A decisão da desembargadora Regina Helena Ramos, publicada no Diário Oficial desta sexta, 24, revoga a liminar concedida pelo juiz Roque Araújo.

O serviço, que foi interrompido nesta quarta, 15, será retomado nesta sexta, 24. De acordo com a prefeitura da cidade, o trabalho vai recomeçar no bairro Sítio Novo, onde é construída a primeira Estação de Transbordo.

Quando estiver pronto, a previsão do governo municipal é que cerca de 60 mil usuários utilizem o sistema por dia.

Suspensão

O juiz Roque Araújo tinha suspendido as obras alegando que o projeto não estava adequado as disposições legais, principalmente em relação as questões ambientais. O magistrado também ressaltou a ausência de um plano de transporte urbano integrado com o BRT.

A ação foi impetrada pela 1ª Defensoria Pública de Feira de Santana.

O BRT é uma obra estimada em R$ 100 milhões, com recursos da Caixa Econômica Federal (CEF), por meio do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC). O corredor exclusivo de ônibus terá a extensão de 8 km, passando principalmente pelas avenidas João Durval carneiro e Getúlio Vargas.

Impasse envolvendo o BRT pode estar perto do fim; entenda

24/07/2015 - Tribuna da Bahia

Quando a presidente Dilma Rousseff anunciou o aporte financeiro em 2013 de R$ 600 milhões para o BRT de Salvador, projeto considerado o carro-chefe da gestão do prefeito ACM Neto (DEM), a petista classificou o democrata como grande parceiro dos governos estadual e federal. De lá para cá, os recursos que deveriam sair do Orçamento da União e do financiamento por meio da Caixa Econômica Federal se tornaram lenda. O prefeito ACM Neto, virtual adversário da ala petista no ano que vem na disputa pela prefeitura de Salvador, tem peregrinado por Brasília em busca da liberação dos recursos. Com a promessa da presidente Dilma de anunciar os investimentos dessa vez, a novela poderá ter um capítulo findado.

O gestor democrata anunciou seu projeto em outubro de 2013, dez meses após assumir a gestão, e a partir de então tem assistido às promessas do governo federal para liberar os recursos, como a feita pelo ministro das Cidades, Gilberto Kassab no mês passado. Como foi mostrado por reportagem da Tribuna em junho, um dos entraves colocados pelo governo federal foi a ausência de um plano de mobilidade por parte da prefeitura de Salvador. A falta do documento impede a liberação dos recursos da ordem de R$ 514,8 milhões destinados à obra do BRT. Fábio Mota, secretário de Mobilidade Urbana da capital baiana, estranhou a análise por parte do Ministério das Cidades.

"Quando o pedido foi feito ao ministério, não tinha exigência de ter o Plano de Mobilidade Urbana. Essa exigência é nova. O nosso pedido é anterior a todo esse tipo de exigência, mas, mesmo assim, entendo que essa exigência também está sanada porque o nosso Plano de Mobilidade está sendo realizado, está em processo de licitação e fica pronto em dezembro", afirmou o titular da Semob.

Já neste mês de julho, quando surgiu a informação de que o governo iria lançar o edital de construção do VLT orçado em R$ 1,1 bilhão, a prefeitura assistiu ao avanço do projeto do governo estadual sem nada entender. Agora, com a sinalização positiva da presidente Dilma, o seu projeto poderá entrar em operação, no entanto, sem a previsão de entregar antes das eleições de 2016. Sua meta era iniciar as obras do corredor em 2014 e concluir em dois anos e meio. A proposta da via exclusiva é sair da Lapa, passando pelas avenidas Vasco da Gama, Juracy Magalhães e Antônio Carlos Magalhães e terminar na ligação Iguatemi-Paralela.

O retorno de Dilma para falar de investimentos ao BRT é visto pelo vereador Cláudio Tinoco (DEM), 1º vice-líder do Democratas na Câmara de Salvador, como algo "requentado" pela presidente que já havia prometido os recursos há dois anos. "Uma visita atrasada, sobretudo naquilo que compete ao BRT, porque já tem mais de dois anos que ela veio a Salvador e disse que daria todo o apoio ao projeto e na verdade tem menos de um terço do investimento que depende dela, que são os recursos federais. Um ano depois dessa promessa dela foi que a Caixa Econômica Federal foi autorizada a requerer os documentos da prefeitura para iniciar análise do projeto e que criou a perspectiva de firmação de um contrato", criticou o legislador, que classifica a visita da presidente uma ação em busca do resgate da popularidade. "Ela já deveria ter tomado essa atitude há mais tempo. No meu entendimento, é mais uma tentativa de melhorar a sua imagem e a do seu governo que está desgastada, sobretudo na região Nordeste, e mais especificamente na Bahia onde saiu vencedora da última eleição", analisou Tinoco.

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Grande Recife: Corredor Via Livre Norte/Sul já conta com os linhas com ônibus BRT's

19/07/2015 - GRCT

Os usuários do Corredor Via Livre Norte/Sul já contam com cinco opções de linhas para se deslocar ao longo do corredor. É que desde a última quinta-feira (16), a 1900 – TI PE-15 (PCR) está operando exclusivamente com veículos BRT. 

A linha, que circula com 10 veículos realizando 123 viagens por dia, sai do TI PE-15 em direção a Prefeitura do Recife, atendendo todas as estações do percurso. Ela opera de domingo a domingo, das 4h às 23h35 e possui um intervalo médio de cinco minutos entre um BRT e outro. 

Os usuários das linhas do BRT Via Livre 1915 – PE-15 (Dantas Barreto), 1900 – TI PE-15 (PCR), 1979 – TI Pelópidas (Dantas Barreto), 1976 – TI Pelópidas (PCR) e 1946 – TI Igarassu (PCR) contam com 22 estações de embarque e desembarque no Corredor Norte/Sul, são elas: José de Alencar, Hospital Central, São Salvador do Mundo, Cidade Tabajara, Jupirá, Aloísio Magalhães, Bultrins, Quartel, Sítio Histórico, Mathias de Albuquerque, Kennedy, Tacaruna, Santa Casa da Misericórdia, Araripina, IEP, Treze de Maio, Riachuelo, Praça da República, Nossa Senhora do Carmo, Maurício de Nassau, Istmo do Recife e Forte do Brum. 

Para mais informações, o usuário dispõem da Central de Atendimento ao Cliente, no 0800.081.0158. 

Informações: GRCT

Estações do BRT começam a operar

19/07/2015 O Povo - Fortaleza

As onze estações do BRT da avenida Bezerra de Menezes começaram a funcionar na manhã deste sábado. Com a mudança, os usuários da linha 200 - Antônio Bezerra/Centro devem embarcar e desembarcar em nível, pelo lado esquerdo, em ônibus articulados. A expectativa da Prefeitura é de que o corredor expresso reduza o tempo de viagem em cerca de 60%.

Os equipamentos deveriam ter sido entregues no último dia 30 de junho, mas testes de balizamento entre os ônibus e as estações motivaram o atraso. "Embora não pareça, essa foi uma obra bastante complexa e que servirá de modelo para os outros corredores a ser implantados na Cidade", justificou Samuel Dias, titular da Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf).

Apenas os passageiros da linha que liga o terminal do Antônio Bezerra ao Centro poderão usar as estações. Oito ônibus articulados fazem o trajeto em dias úteis, com intervalo previsto de sete minutos. Outras três linhas expressas, que saem do Antônio Bezerra, também usarão o corredor exclusivo, mas sem permitir embarque e desembarque pelos equipamentos.

O POVO.dom acompanhou a visita do prefeito Roberto Cláudio (Pros) a uma das estações do BRT durante a inauguração. Foi observado que há um vão entre o equipamento e o veículo, o que exige atenção dos usuários durante o embarque e o desembarque.

A partir do próximo mês, a linha 222 - Antônio Bezerra/Papicu também pode operar pelo corredor exclusivo. Para isso, a Prefeitura aguarda a chegada de cinco novos ônibus do modelo pesado, que também possui portas de acesso pela esquerda.

Rotas de fuga

Em agosto, o prefeito Roberto Cláudio prevê "ajustes" no tráfego da avenida Bezerra de Menezes e em ruas do entorno. As mudanças, segundo ele, devem dar maior fluidez ao tráfego de veículos particulares na avenida. Alteração de sentido de vias perpendiculares e regulamentação de estacionamento estão entre os serviços previstos. "A ideia é criar espécies de rotas de fuga para que o motorista não fique dependente apenas da avenida principal", esclareceu o prefeito. (Rômulo Costa - romulocosta@opovo.com.br)

 

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Aplicativo prevê tempo de demora dos ônibus

15/07/2015 - Diário do Nordeste

Dentre as variadas reclamações de quem usa o transporte coletivo da Capital, a demora e a incerteza sobre os horários de chegada dos ônibus aos pontos são, talvez, as mais recorrentes. Desde ontem, contudo, passageiros de todos os bairros passaram a contar com uma nova ferramenta que promete facilitar as viagens diárias. Utilizando o aplicativo "Meu Ônibus Fortaleza", lançado nesta terça-feira (14) pela Prefeitura Municipal, os usuários poderão, com a ajuda do celular, ter a previsão do tempo exato que os veículos devem levar para alcançar as paradas.

Resultado da parceria entre a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) e a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), o "app", já disponível para download em smartphones da plataforma Android, utiliza-se dos aparelhos GPS instalados nos ônibus para calcular e atualizar, em tempo real, as informações sobre a chegada do modal de acordo com o trajeto.

Segundo Luís Carlos Sabóia, coordenador do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (Paitt), responsável pela elaboração da ferramenta, o "Meu Ônibus" permitirá que o passageiro planeje melhor o deslocamento até as paradas e evite as longas esperas. "Agora, ele pode, de casa, consultar o horário previsto e programar sua saída em função disso", afirma. "Como o aplicativo pega a posição do veículo em tempo real, a previsão é mais precisa. Caso haja algum imprevisto, como uma batida ou um semáforo quebrado, o tempo de chegada vai ser alterado automaticamente", diz.

Outra funcionalidade do aplicativo é exibir, a partir da localização do usuário, as paradas mais próximas em um raio de até 2 Km e as linhas de coletivos que passam em cada ponto. Durante a primeira fase de uso da ferramenta, o sistema apresentará apenas as linhas de ônibus, mas as vans serão incluídas posteriormente, garante o gestor do Paitt. Clicando na linha escolhida, além da previsão de chegada, o passageiro poderá visualizar e acompanhar o percurso dos veículos em um mapa.

Por enquanto, somente os usuários de smartphones Android poderão baixar o aplicativo, disponível no site Google Play. A versão para plataforma iOS será liberada até o fim deste mês. Durante 90 dias, o "app" permanecerá em fase teste. "É um projeto piloto, porque depende da rede de dados dos celulares (3G ou 4G) para funcionar. Mas em nossos testes, de forma geral, os níveis de acerto foram bons", afirma.

Ontem, a reportagem testou o "Meu Ônibus Fortaleza" em uma movimentada parada de ônibus da Capital, na Av. Desembargador Moreira, no bairro Dionísio Torres. Na maioria das tentativas, entre 11h e 11h30, a previsão de chegada calculada correspondeu ao horário real, com pouca ou nenhuma diferença.

A ferramenta fica restrita aos passageiros que possuem celulares com acesso à Internet. O coordenador do Paitt aponta que instalar painéis eletrônicos de informações em todas as paradas da cidade, a exemplo do antigo programa Bem na Hora, não é mais viável, diante dos altos custos de manutenção.

Para quem não tem 3G ou 4G, João Pulpo, titular da SCSP, recomenda utilizar o "Meu Ônibus" antes de ir à parada, em locais com rede wi-fi. "Estamos tentando colocar wi-fi nos terminais, mas nas paradas é um pouco mais difícil. Isso só poderia acontecer em médio ou longo prazo".

Corredores

Com 79,8 Km de corredores exclusivos para transporte coletivo na Capital, a SCSP pretende, até o fim do ano, atingir a meta de 135 Km. O órgão planeja implantar duas novas faixas neste segundo semestre, uma na Av. Alberto Craveiro, neste mês, e outra na Avenida Juscelino Kubitschek. As duas vias ganharão, ainda, ciclovias e ciclofaixas.

Outro projeto da secretaria envolve a Av. Washington Soares, que também pode receber corredores exclusivos. A ideia, no entanto, ainda está em fase de estudos, juntamente ao Governo do Estado, responsável pela via.

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Ônibus 24h circulam desde sábado (11) em Salvador

13/07/2015 - Correio 23h

Todas as linhas partem da Estação da Lapa e seguem itinerários específicos, de modo a garantir assistência a todas as regiões
 
Ônibus 24h circulam desde sábado (11) em Salvador
Ônibus 24h circulam desde sábado (11) em Salvador
créditos: Correio 24h
 
Os ônibus da capital baiana começaram a circular durante 24h desde a madrugada de sábado (11). Denominada "Corujão Salvador", a operação contará com quinze linhas rodando de 0h às 4h. Todas as linhas partirão da Estação da Lapa e seguirão itinerários específicos, de modo a garantir assistência a várias regiões da cidade. 
 
A novidade já havia sido anunciada em maio, durante a inauguração do Centro de Controle Operacional (CCO), que faz o monitoramento em tempo real dos ônibus de Salvador via GPS. O centro está instalado na Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), em Amaralina, e permitirá o acompanhamento de todos os veículos que compõem a frota de transporte coletivo da cidade. 
 
Na ocasião, ACM Neto também adiantou que até o final de 2016 será realizada a melhoria em 800 pontos de ônibus e a Estação da Lapa passará por uma "grande reforma".