quinta-feira, 16 de julho de 2015

Aplicativo prevê tempo de demora dos ônibus

15/07/2015 - Diário do Nordeste

Dentre as variadas reclamações de quem usa o transporte coletivo da Capital, a demora e a incerteza sobre os horários de chegada dos ônibus aos pontos são, talvez, as mais recorrentes. Desde ontem, contudo, passageiros de todos os bairros passaram a contar com uma nova ferramenta que promete facilitar as viagens diárias. Utilizando o aplicativo "Meu Ônibus Fortaleza", lançado nesta terça-feira (14) pela Prefeitura Municipal, os usuários poderão, com a ajuda do celular, ter a previsão do tempo exato que os veículos devem levar para alcançar as paradas.

Resultado da parceria entre a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) e a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), o "app", já disponível para download em smartphones da plataforma Android, utiliza-se dos aparelhos GPS instalados nos ônibus para calcular e atualizar, em tempo real, as informações sobre a chegada do modal de acordo com o trajeto.

Segundo Luís Carlos Sabóia, coordenador do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (Paitt), responsável pela elaboração da ferramenta, o "Meu Ônibus" permitirá que o passageiro planeje melhor o deslocamento até as paradas e evite as longas esperas. "Agora, ele pode, de casa, consultar o horário previsto e programar sua saída em função disso", afirma. "Como o aplicativo pega a posição do veículo em tempo real, a previsão é mais precisa. Caso haja algum imprevisto, como uma batida ou um semáforo quebrado, o tempo de chegada vai ser alterado automaticamente", diz.

Outra funcionalidade do aplicativo é exibir, a partir da localização do usuário, as paradas mais próximas em um raio de até 2 Km e as linhas de coletivos que passam em cada ponto. Durante a primeira fase de uso da ferramenta, o sistema apresentará apenas as linhas de ônibus, mas as vans serão incluídas posteriormente, garante o gestor do Paitt. Clicando na linha escolhida, além da previsão de chegada, o passageiro poderá visualizar e acompanhar o percurso dos veículos em um mapa.

Por enquanto, somente os usuários de smartphones Android poderão baixar o aplicativo, disponível no site Google Play. A versão para plataforma iOS será liberada até o fim deste mês. Durante 90 dias, o "app" permanecerá em fase teste. "É um projeto piloto, porque depende da rede de dados dos celulares (3G ou 4G) para funcionar. Mas em nossos testes, de forma geral, os níveis de acerto foram bons", afirma.

Ontem, a reportagem testou o "Meu Ônibus Fortaleza" em uma movimentada parada de ônibus da Capital, na Av. Desembargador Moreira, no bairro Dionísio Torres. Na maioria das tentativas, entre 11h e 11h30, a previsão de chegada calculada correspondeu ao horário real, com pouca ou nenhuma diferença.

A ferramenta fica restrita aos passageiros que possuem celulares com acesso à Internet. O coordenador do Paitt aponta que instalar painéis eletrônicos de informações em todas as paradas da cidade, a exemplo do antigo programa Bem na Hora, não é mais viável, diante dos altos custos de manutenção.

Para quem não tem 3G ou 4G, João Pulpo, titular da SCSP, recomenda utilizar o "Meu Ônibus" antes de ir à parada, em locais com rede wi-fi. "Estamos tentando colocar wi-fi nos terminais, mas nas paradas é um pouco mais difícil. Isso só poderia acontecer em médio ou longo prazo".

Corredores

Com 79,8 Km de corredores exclusivos para transporte coletivo na Capital, a SCSP pretende, até o fim do ano, atingir a meta de 135 Km. O órgão planeja implantar duas novas faixas neste segundo semestre, uma na Av. Alberto Craveiro, neste mês, e outra na Avenida Juscelino Kubitschek. As duas vias ganharão, ainda, ciclovias e ciclofaixas.

Outro projeto da secretaria envolve a Av. Washington Soares, que também pode receber corredores exclusivos. A ideia, no entanto, ainda está em fase de estudos, juntamente ao Governo do Estado, responsável pela via.

Nenhum comentário:

Postar um comentário