terça-feira, 26 de agosto de 2014

Faixas exclusivas começam a valer hoje

25/08/2014 - O Estado do Ceará

A partir de hoje, as avenidas da Universidade e Carapinima, no bairro Benfica, em Fortaleza, contarão com faixas exclusivas, localizadas à direita das vias, para tráfego de ônibus, topiques e táxis. A medida integra o Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (Paitt) desenvolvido pela Prefeitura e, conforme o poder público, visa a melhorar a ligação entre o Benfica e o Centro. A estimativa é que os 1,5km de faixa na Av. da Universidade e os 2,9km na Carapinima ajudem a reduzir em até 40% o tempo de viagem de cerca de 300 mil passageiros que trafegam, diariamente, pelas vias.

Na Av. da Universidade, por onde trafegam, em média, por dia 26.600 veículos e circulam 42 linhas de ônibus, a faixa estende-se da Rua Pe. Cícero até a Av. Domingos Olímpio. Conforme a Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), no trecho entre a Rua Paulino Nogueira e Juvenal Galeno, serão destinadas duas faixas para os ônibus, em função do maior número de veículos e desejos de paradas.

Já na Av. Carapinima, cujo fluxo médio diário é 31.600 veículos com circulação de 37 linhas de ônibus, a faixa para transporte coletivo irá da Av. Duque de Caxias até a Rua Pe. Francisco Pinto. No trecho entre a Rua Juvenal Galeno e Av. 13 de Maio também serão destinadas duas faixas para os ônibus.

PROCEDIMENTO

Conforme a AMC, assim como já ocorre nas faixas do tipo implantadas nas avenidas Bezerra de Menezes, Dom Luís e Santos Dumont, veículos particulares poderão trafegar pelas áreas exclusivas desde que respeitem as regras de circulação. Os mesmos só poderão adentrar a faixa para realizar conversões à direita ou acesso ao lote, numa distância limite entre 100 e 300 metros em virtude da característica das vias.

As faixas funcionarão nos dias úteis, de 5 às 21 horas, e aos sábados, de 5 às 16 horas. Aos domingos e feriados, o tráfego é livre. A fiscalização, a exemplo do que já ocorreu nas vias de que dispõe o sistema, será feita em três etapas: com 30 dias de adaptação, mais 30 dias para educação dos condutores e, somente depois desse período, é que começa a ocorrer a penalização dos condutores que desrespeitarem as regras.

OUTRAS FAIXAS

Atualmente, as faixas exclusivas para transporte coletivo estendem-se por somente 15km de Fortaleza. Com a nova implantação, hoje, serão 19,4km com faixas prioritárias para o transporte coletivo. Conforme anúncio feito pela Prefeitura, em julho desse ano, até julho de 2015, a Capital deverá ter 122km de corredores do tipo. Para isto, além das já citadas, outras 14 (confira na lista) passarão a contar com as faixas exclusivas em toda a sua extensão, ou em parte dela.

A previsão é que, no próximo mês, as faixas sejam implantadas nas avenidas José Bastos e Antônio Sales. Sendo 8,3km na primeira e 3,0km na segunda. Já em outubro, a implantação na Antônio Sales terá continuidade, com mais 1,0km. As avenidas Domingos Olímpio (4,6km) e Godofredo Maciel (7,5km) também receberão o sistema. O cronograma das demais vias que serão contempladas deverá ser divulgado a cada três meses.

14 QUE DEVERÃO TER FAIXAS EXCLUSIVAS

Av. José Bastos

Av. Antônio Sales

Av. Domingos Olímpio

Av. Godofredo Maciel

Av. Osório de Paiva

Av. Presidente Costa e Silva

Av. da Abolição

Av. Washington Soares

Av. Bernardo Manuel

Av. Alberto Craveiro

Av. Raul Barbosa

Av. Leste-Oeste

Av. Engenheiro Santana Jr.

Av. Coronel Matos Dourado

Prefeitura de João Pessoa lança nesta terça edital do BRT no valor de R$ 188 milhões

26/08/2014 - PBHoje - João Pessoa/PB

O edital para a licitação das empresas interessadas em executar as obras do Bus Rapid Transit (BRT), o metrô sobre rodas que funcionará em João Pessoa, será lançado hoje.

Orçado em R$ 188 milhões, o projeto promete melhorias no transporte público e na mobilidade urbana da cidade. Segundo o secretário municipal de Planejamento (Seplan), Rômulo Polari, o processo licitatório deverá ser finalizado nos próximos 60 dias e a empresa vencedora terá o prazo de até 2 anos para concluir os trabalhos.

As obras de infraestrutura adequada para os veículos especiais serão executadas com recursos do governo federal, através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2 Grandes Cidades/Programa de Mobilidade. A partir de hoje, as empresas interessadas terão 30 dias úteis para providenciar a documentação exigida. Ao final do prazo, será feita a abertura dos envelopes e a divulgação da empresa que será responsável pelos trabalhos.

De acordo com informações da Seplan, poderão concorrer empresas ou consórcios de empresas e a selecionada será responsável pela elaboração do projeto básico, executivo bem como a execução das obras de pavimentação/drenagem da faixa exclusiva para ônibus.

O secretário Rômulo Polari explicou que a licitação contempla as obras de construção dos cinco corredores por onde o BRT deve trafegar. São eles: as avenidas Cruz das Armas (em Cruz das Armas), 2 de Fevereiro (Cristo), Epitácio Pessoa, Pedro II, além do Corredor Central da cidade. Os BRTs terão tudo o que o usuário precisa: conforto, eficiência e comodidade, destacou Polari, adiantando ainda que assim que as estruturas das vias estiverem prontas será aberto um novo processo licitatório para a escolha da empresa desse sistema de transporte que vai operar na capital.

Este é o primeiro processo para a execução das obras nos corredores. Também vamos escolher a empresa que vai explorar o novo sistema de transporte coletivo, que deve ter um sistema informatizado com terminais de transferências e outros suportes modernos, disse.

Polari disse ainda que o sistema BRT ficará online para população poder acessá-lo, desde que possua um aparelho celular com internet. Segundo Polari, os BRTs deverão, inclusive, gerar uma mudança cultural para os pessoenses no que diz respeito à mobilidade urbana. Vamos oferecer eficiência no tráfego, através de corredores exclusivos para os BRTs, pois não haverá interferência de outros transportes, que reduzirá 40% a 50% do tempo do trajeto. Esperamos que este seja um fator determinante para reduzir o transporte individual na cidade, com a opção pelo transporte coletivo de qualidade, ressaltou.

SISTEMA BRT: O Bus Rapid Transit (BRT) ou Transporte Rápido por ônibus, é um sistema de transporte coletivo de passageiros que proporciona mobilidade urbana rápida, confortável, segura e eficiente por meio de infraestrutura segregada com prioridade de ultrapassagem.

O sistema BRT não propõe apenas mudança na frota ou na infraestrutura do transporte público coletivo. Mas sim um conjunto de mudanças que juntas formam um novo conceito de mobilidade urbana.

G1 - PARAÍBA

Prefeitura de João Pessoa lança hoje edital de licitação para obras do BRT

A Prefeitura Municipal de João Pessoa lança nesta terça-feira (26) o edital de licitação para empresas interessadas em executar as obras do Bus Rapid Transit (BRT), o metrô sobre rodas que pretende melhorar o transporte público da capital paraibana. O projeto está orçado em R$ 188 milhões e conta com recursos do Governo Federal. A cidade foi contemplada no PAC 2 – Grandes Cidades, do Ministério das Cidades.

Com a divulgação do edital, as empresas interessadas têm o prazo de 30 dias úteis para providenciar a documentação exigida e se candidatar. Ao término do prazo, será feita a abertura dos envelopes e divulgação da empresa vencedora. A contratação da empresa ou consórcio de empresas prevê a elaboração do projeto básico, projeto executivo e execução das obras de pavimentação/drenagem da faixa exclusiva para ônibus.

A licitação prevê obras de construção nos cinco corredores por onde o BRT deve trafegar, ou seja: Cruz das Armas, Dois de Fevereiro, Epitácio Pessoa, Pedro II e o corredor central da cidade. Segundo o secretário de Planejamento, Rômulo Polari, os BRTs terão conforto, eficiência e comodidade. Segundo ele, o sistema ficará on-line para a população acessá-lo, sendo necessário, para isso, um aparelho celular com internet.

"Vamos oferecer eficiência no tráfego, através de corredores exclusivos para os BRTs, pois não haverá interferência de outros transportes, que reduzirá 40% a 50% do tempo do trajeto. Esperamos que este seja um fator determinante para reduzir o transporte individual na cidade, com a opção pelo transporte coletivo de qualidade", afirmou Polari.

O BRT é um sistema de transporte coletivo de passageiros que proporciona mobilidade urbana rápida, confortável, segura e eficiente por meio de infraestrutura segregada com prioridade de ultrapassagem, operação rápida e frequente. O sistema já foi implantado em outras cidades do país, a exemplo de Curitiba e Rio de Janeiro.

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Prefeito e ministro das Cidades anunciam cerca de R$ 400 milhões em recursos para a Capital

22/08/2014 - Paraíba em Notícia / Paraíba em Foco

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, recebeu do ministro das Cidades, Gilberto Occhi, a confirmação da liberação de R$ 400 milhões em recursos para investimentos em mobilidade. O montante é fruto de uma série de projetos apresentados pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) ao Governo Federal, dentro do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Os valores são destinados à construção de seis novos corredores de tráfego na Capital.

O anúncio da liberação dos recursos foi feito na tarde desta segunda-feira (21) durante evento na Superintendência da Caixa Econômica Federal da Capital, onde ainda esteve presente o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho. A portaria que divulga a seleção das propostas do município foi publicada na edição desta quinta do Diário Oficial da União.

"Apresentamos uma série de projetos em uma reunião ano passado com os Ministérios do Planejamento e das Cidades e hoje temos a satisfação de tomar conhecimento da publicação da portaria que autoriza a liberação dos recursos", destacou o prefeito Luciano Cartaxo.

De acordo com ele, os valores serão repassados para a Caixa, possibilitando a abertura dos processos de licitação. "Serão obras fundamentais para a mobilidade na Capital e nossa expectativa é poder iniciá-las já no próximo ano", complementou o prefeito. A relação das propostas selecionadas pode ser conferida na íntegra no final desta matéria.

O ministro das Cidades, Gilberto Occhi, destacou que grande parte dos recursos liberados tem como fonte o Orçamento Geral da União (OGU). "A execução destes projetos vai garantir grandes avanços na mobilidade urbana da Capital da Paraíba e possibilitar melhorias nas condições de vida das pessoas, o que é o nosso objetivo", afirmou.

Para o ministro Gilberto Carvalho, o empenho da PMJP na elaboração e encaminhamento dos projetos foi um fator determinante para a garantia dos recursos. "É preciso que os gestores invistam cada vez mais na elaboração de bons projetos para que possam obter respostas rápidas e positivas do Governo Federal", declarou.

Saneamento – Durante o evento, os ministros Gilberto Occhi e Gilberto Carvalho ainda assinaram a liberação de recursos na ordem de R$ 201 milhões para esgotamento sanitário e abastecimento de água nas cidades de Cabedelo, Bayeux e Santa Rita.

Veja a relação dos projetos de mobilidade aprovados para a liberação de recursos do PAC:

- Complementação do corredor Tancredo Neves;

- Implantação de binário com faixa exclusiva entre os corredores Pedro II e o terminal de integração do corredor Tancredo Neves;

- Implantação de binário com faixa exclusiva entre a região sul e o terminal de integração do corredor Tancredo Neves;

- Implantação de binário entre a Avenida Hilton Souto Maior e o anel viário em torno da UFPB;

- Corredor para linhas alimentadoras da região sul, integrando com o corredor 2 de Fevereiro;

- Corredor de linhas alimentadoras da região sul, integrando com o corredor Cruz das Armas.

Paraíba em Foco

Câmara autoriza Prefeitura de João Pessoa a fazer empréstimo de R$ 80 milhões para mobilidade na Capital

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) aprovou nesta quinta-feira (21) que a Prefeitura de João Pessoa faça empréstimo de quase R$ 80 milhões para obras de mobilidade urbana na Capital. A iniciativa dos projetos de leis aprovados na Casa foi do Poder Executivo.

O PL nº 797/2014 autoriza o Poder Executivo a contratar operação de crédito junto à Caixa Econômica Federal até o valor de R$ 44.500.000,00. O financiamento autorizado servirá obrigatoriamente para ações (obras, serviços e equipamentos) do Plano de Aceleração do Crescimento Pró-Transporte da Mobilidade Urbana (PAC 2), em excepcionalidade para o item Corredores e Transporte em João Pessoa. Tais recursos serão consignados como Receita no orçamento ou em créditos adicionais.

Já o PL 798/2014 autoriza outra operação de crédito junto à Caixa, a respeito do financiamento, de até R$ 35.000.000,00, a serem obrigatoriamente implantados no PAC 2 na pavimentação e qualificação de ruas, tida como a etapa 3 das obras.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Promotoria requisita informações sobre implantação do BRT em João Pessoa

19/08/2014 - Parlamento PB

A 2ª Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente e do Patrimônio Social de João Pessoa requisitou ao prefeito da Capital, Luciano Cartaxo (PT), o envio de informações sobre o projeto de instalação do BRT (Bus Rapid Transit) e sobre o cronograma com a data de início e de conclusão da obra.

A promotoria também requereu informações sobre a implantação da faixa exclusiva para ônibus na faixa direita da Avenida Epitácio Pessoa, cópia das planilhas de custos e demonstrativos para o empenho das despesas com a implementação dessa faixa.

De acordo com o promotor de Justiça João Geraldo Barbosa, o objetivo é obter esclarecimentos sobre a última medida anunciada pela Prefeitura Municipal de João Pessoa e amplamente divulgada nos meios de comunicação, em relação à implantação da faixa exclusiva de ônibus na Avenida Epitácio Pessoa, em contraponto aos corredores dos BRTs, que, conforme projeto, serão implantados na faixa esquerda, junto ao canteiro central da mesma avenida.

O ofício foi expedido no último dia 12 de agosto. O prazo para o envio das informações é de dez dias, a contar do seu recebimento, sob pena de responsabilização pelo descumprimento da Lei de Ação Civil Pública e Lei de Acesso à Informação.

O BRT é um sistema de ônibus de alta capacidade e velocidade que deve resultar em um grande avanço para a solução dos problemas de mobilidade urbana no município de João Pessoa.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Bilhetagem só estará em plena operação em meados de 2015

13/08/2014 - Tribuna do Norte - RN

Pelos prazos estabelecidos no Decreto 10.378, que regulamenta a bilhetagem eletrônica para o transporte público coletivo na capital potiguar, o novo sistema só estará em pleno funcionamento no fim do primeiro semestre de 2015. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM), da Prefeitura de Natal, nesta terça-feira, 12.

No entanto, uma medida que antecede o texto divulgado ontem, publicado no Diário Oficial do último sábado, 9, altera a sistemática atual, com ônibus e alternativos utilizando tecnologias diferentes. O Decreto N° 10.376 obriga as empresas de ônibus e os transportes alternativos a unificarem a comercialização de passagens no máximo até o próximo dia 31 de outubro. Ou seja, o usuário poderá utilizar o mesmo cartão no sistema convencional ou alternativo.

No texto publicado hoje, foram definidas regras e responsabilidades. No caso da comercialização de passagens, haverá nove tipos de cartões diferentes para cada tipo de usuário. Além disso, o decreto assegura que "os permissionários e concessionários deverão instalar e manter estrutura adequada de postos de venda, em número e tipo suficientes para atender com qualidade e conforto a demanda de serviço".

Cronograma

Prazos para a implantação dos equipamentos, aplicativos e procedimentos do sistema de bilhetagem:

I – 20 (vinte) dias para disponibilização das especificações de uma fornecedora de tecnologia para a outra;

II – 60 (sessenta) dias após a disponibilização para apresentação dos Projetos Executivos para serem aprovados pela SEMOB;

III – 30 (trinta) dias após a aprovação pela SEMOB para inicio da implantação experimental e dos testes;

IV – 30 (trinta) dias após aprovação dos testes pela SEMOB para implantação em todo o Sistema;

V – 30 (trinta) dias após a aprovação do Projeto de Bilhetagem pela SEMOB para apresentação do Projeto do Sistema de Controle Operacional;

VI – 90 (noventa) dias após a implantação da Bilhetagem em todo o sistema para implantação total do Controle Operacional.

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

BRT inaugura duas novas estações em Recife

07/08/2014 - Diário de Pernambuco

Hoje será inaugurada a estação Caiara, que fica na Avenida Caxangá, nas imediações do Hospital Barão de Lucena. Amanhã, os passageiros poderão usar a estação da Rua do Riachuelo, no bairro da Boa Vista. A previsão é de que todas as estações dos dois ramais entrem em operação até o fim de novembro.

Segundo o Grande Recife Consórcio de Transporte, as estações estão sendo entregues de acordo com a finalização das obras. Atualmente, passam pelo corredor Leste/Oeste 20 veículos da linha BRT 2450 Camaragibe (Centro), totalizando 124 viagens. Os ônibus circulam de domingo a domingo, das 4h30 às 22h.

Com a inauguração de hoje, serão oito estações do Leste/Oeste em funcionamento: Capibaribe, BR-101, Caiara, Getulio Vargas, Forte do Arraial, Abolição, Derby e Guararapes. Até o fim da próxima semana, os pontos Zumbi e Parque de Exposição também entrarão em operação.

As obras do Leste/Oeste começaram em janeiro de 2012 e mudaram várias vezes de prazo final. A nova data de entrega é o fim de setembro. Quando ficar pronto, o corredor fará o transporte diário de 155 mil pessoas, em 95 ônibus. Na última segunda-feira, houve o aumento da frota e de viagens na rota de Camaragibe ao Centro do Recife, de 18 para vinte veículos e de 116 para 124 viagens.

Já no corredor Norte/Sul, que liga o município de Igarassu ao Centro do Recife, a linha atualmente em operação é a 1915 PE-15 (Dantas Barreto). Com a inauguração da estação Riachuelo, serão três em funcionamento. As duas já em operação são as do Tacaruna e da Praça da República. Até então, os BRTs Via Livre não chegam até Igarassu, finalizando as viagens na PE-15.

Atualmente, a linha 1915 circula de domingo a domingo, das 9h às 16h, com quatro veículos, realizando 21 viagens com intervalo de 20 minutos entre um ônibus e outro. O corredor Norte/Sul ficará pronto em novembro. Depois de concluído, serão 180 mil pessoas transportadas por dia, em 84 BRTs. O projeto inicial previa 31 estações no corredor Norte/Sul e 21 no Leste/Oeste, mas foi reduzido.