terça-feira, 26 de agosto de 2014

Prefeitura de João Pessoa lança nesta terça edital do BRT no valor de R$ 188 milhões

26/08/2014 - PBHoje - João Pessoa/PB

O edital para a licitação das empresas interessadas em executar as obras do Bus Rapid Transit (BRT), o metrô sobre rodas que funcionará em João Pessoa, será lançado hoje.

Orçado em R$ 188 milhões, o projeto promete melhorias no transporte público e na mobilidade urbana da cidade. Segundo o secretário municipal de Planejamento (Seplan), Rômulo Polari, o processo licitatório deverá ser finalizado nos próximos 60 dias e a empresa vencedora terá o prazo de até 2 anos para concluir os trabalhos.

As obras de infraestrutura adequada para os veículos especiais serão executadas com recursos do governo federal, através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2 Grandes Cidades/Programa de Mobilidade. A partir de hoje, as empresas interessadas terão 30 dias úteis para providenciar a documentação exigida. Ao final do prazo, será feita a abertura dos envelopes e a divulgação da empresa que será responsável pelos trabalhos.

De acordo com informações da Seplan, poderão concorrer empresas ou consórcios de empresas e a selecionada será responsável pela elaboração do projeto básico, executivo bem como a execução das obras de pavimentação/drenagem da faixa exclusiva para ônibus.

O secretário Rômulo Polari explicou que a licitação contempla as obras de construção dos cinco corredores por onde o BRT deve trafegar. São eles: as avenidas Cruz das Armas (em Cruz das Armas), 2 de Fevereiro (Cristo), Epitácio Pessoa, Pedro II, além do Corredor Central da cidade. Os BRTs terão tudo o que o usuário precisa: conforto, eficiência e comodidade, destacou Polari, adiantando ainda que assim que as estruturas das vias estiverem prontas será aberto um novo processo licitatório para a escolha da empresa desse sistema de transporte que vai operar na capital.

Este é o primeiro processo para a execução das obras nos corredores. Também vamos escolher a empresa que vai explorar o novo sistema de transporte coletivo, que deve ter um sistema informatizado com terminais de transferências e outros suportes modernos, disse.

Polari disse ainda que o sistema BRT ficará online para população poder acessá-lo, desde que possua um aparelho celular com internet. Segundo Polari, os BRTs deverão, inclusive, gerar uma mudança cultural para os pessoenses no que diz respeito à mobilidade urbana. Vamos oferecer eficiência no tráfego, através de corredores exclusivos para os BRTs, pois não haverá interferência de outros transportes, que reduzirá 40% a 50% do tempo do trajeto. Esperamos que este seja um fator determinante para reduzir o transporte individual na cidade, com a opção pelo transporte coletivo de qualidade, ressaltou.

SISTEMA BRT: O Bus Rapid Transit (BRT) ou Transporte Rápido por ônibus, é um sistema de transporte coletivo de passageiros que proporciona mobilidade urbana rápida, confortável, segura e eficiente por meio de infraestrutura segregada com prioridade de ultrapassagem.

O sistema BRT não propõe apenas mudança na frota ou na infraestrutura do transporte público coletivo. Mas sim um conjunto de mudanças que juntas formam um novo conceito de mobilidade urbana.

G1 - PARAÍBA

Prefeitura de João Pessoa lança hoje edital de licitação para obras do BRT

A Prefeitura Municipal de João Pessoa lança nesta terça-feira (26) o edital de licitação para empresas interessadas em executar as obras do Bus Rapid Transit (BRT), o metrô sobre rodas que pretende melhorar o transporte público da capital paraibana. O projeto está orçado em R$ 188 milhões e conta com recursos do Governo Federal. A cidade foi contemplada no PAC 2 – Grandes Cidades, do Ministério das Cidades.

Com a divulgação do edital, as empresas interessadas têm o prazo de 30 dias úteis para providenciar a documentação exigida e se candidatar. Ao término do prazo, será feita a abertura dos envelopes e divulgação da empresa vencedora. A contratação da empresa ou consórcio de empresas prevê a elaboração do projeto básico, projeto executivo e execução das obras de pavimentação/drenagem da faixa exclusiva para ônibus.

A licitação prevê obras de construção nos cinco corredores por onde o BRT deve trafegar, ou seja: Cruz das Armas, Dois de Fevereiro, Epitácio Pessoa, Pedro II e o corredor central da cidade. Segundo o secretário de Planejamento, Rômulo Polari, os BRTs terão conforto, eficiência e comodidade. Segundo ele, o sistema ficará on-line para a população acessá-lo, sendo necessário, para isso, um aparelho celular com internet.

"Vamos oferecer eficiência no tráfego, através de corredores exclusivos para os BRTs, pois não haverá interferência de outros transportes, que reduzirá 40% a 50% do tempo do trajeto. Esperamos que este seja um fator determinante para reduzir o transporte individual na cidade, com a opção pelo transporte coletivo de qualidade", afirmou Polari.

O BRT é um sistema de transporte coletivo de passageiros que proporciona mobilidade urbana rápida, confortável, segura e eficiente por meio de infraestrutura segregada com prioridade de ultrapassagem, operação rápida e frequente. O sistema já foi implantado em outras cidades do país, a exemplo de Curitiba e Rio de Janeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário