sábado, 29 de setembro de 2012

Integração nos ônibus de Natal voltará a ser gratuita

19/09/2012 - G1

O serviço gratuito de integração nos ônibus que circulam na capital potiguar voltará a ser oferecido a partir desta quinta-feira (20). A volta do Passe Livre, suspenso desde o início da semana, ficou decidido após um acordo firmado entre o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Natal (Seturn) e a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob).

Para chegarem ao acordo, o Seturn protocolou um ofício na sede da Semob onde denunciou fraudes no uso do Passe Livre de Natal, o que estaria dificultando a manutenção do benefício. Em contrapartida, a Semob garantiu que irá investigar a denúncia, além de fiscalizar os pontos de ônibus com o auxílio do Sindicato dos Profissionais de Transporte do Rio Grande do Norte (Sintro) e da Polícia Militar.

"Hoje, tivemos a reunião limite com todos os empresários. Acordamos a volta a partir de amanhã (20) e prometemos investigar as possíveis fraudes que estejam atingindo o setor", indicou Márcio Sá, secretário de Mobilidade Urbana de Natal.

A assessoria de comunicação do Seturn confirmou a volta da integração da capital, explicando que as primeiras viagens desta quinta já oferecerão o benefício aos passageiros.

Procuradoria do Município diz que, "a princípio, ação na Justiça será mantida"
Antes do acordo entre os representantes das empresas de transporte e a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, a Procuradoria Geral do Município havia protocolado, na manhã desta quarta, uma ação judicial contra o Seturn. A ação visava, justamente, a volta imediata da gratuidade no serviço de integração no transporte público da capital, suspenso desde o início da semana.

O procurador Francisco Wilkie Rebouças Chagas Júnior esclareceu que a ação também pedia, em caso de não cumprimento, multa diária no valor de R$ 1 milhão e mais indenização de danos coletivos à sociedade.

Com o anúncio da volta da gratuidade no Passe Livre, o procurador explicou que a ação será mantida. "Tendo em vista que a suspensão sem a concordância do Município foi feita, causou danos à população. A volta imediata da integração foi cumprida espontaneamente, mas a parte remanescente do pedido deve ser mantida. A palavra final será da prefeita", afirmou.

Quanto ao Ministério Público, que também ingressou na Justiça exigindo o fim da suspensão, não foi possível contato com a promotoria responsável pelo processo. A assessoria informou que o promotor José Augusto Peres, titular da Promotoria de Defesa do Consumidor estava em audiência. Na ação do MP, o pedido de multa em caso de não atendimento é de R$ 100 mil, além de também incluir indenização de danos coletivos à população.

Entenda a suspensão
O Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Natal (Seturn) decidiu suspender o serviço gratuito de integração nos ônibus que circulam na capital em resposta à revogação do aumento das passagens, aprovado pelos vereadores, e que resultou na redução da tarifa de R$ 2,40 para R$ 2,20. Segundo o próprio sindicato, esta foi a única alternativa encontrada para manter o equilíbrio econômico das empresas do setor.

Antes da suspensão, estudantes realizaram vários manifestos pelas ruas e avenidas da cidade em protesto contra o valor da passagem. Nesta terça, embora o aumento tenha sido revogado pelos vereadores, a classe estudantil voltou a interromper o trânsito e causar transtorno aos motoristas. Desta vez, em razão do Seturn ter decidido suspender a gratuidade da integração. Nesta terça, durante o ato, dois ônibus da empresa Guanabara foram incendiados e nove pessoas detidas. Uma delas, um professor de história, continua preso. Ele é acusado de incêndio criminosos e dano ao patrimônio público.

Segundo a Polícia Militar, novos protestos já estavam agendados, e mais uma vez a BR 101 seria usada como palco para os manifestantes cobrarem o fim da suspensão.

Informações: G1 Rio Grande no Norte


Enviado via iPhone

Integração nos ônibus de Natal voltará a ser gratuita

Integração nos ônibus de Natal voltará a ser gratuitp19/09/2012 - G1

O serviço gratuito de integração nos ônibus que circulam na capital potiguar voltará a ser oferecido a partir desta quinta-feira (20). A volta do Passe Livre, suspenso desde o início da semana, ficou decidido após um acordo firmado entre o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Natal (Seturn) e a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob).

Para chegarem ao acordo, o Seturn protocolou um ofício na sede da Semob onde denunciou fraudes no uso do Passe Livre de Natal, o que estaria dificultando a manutenção do benefício. Em contrapartida, a Semob garantiu que irá investigar a denúncia, além de fiscalizar os pontos de ônibus com o auxílio do Sindicato dos Profissionais de Transporte do Rio Grande do Norte (Sintro) e da Polícia Militar.

"Hoje, tivemos a reunião limite com todos os empresários. Acordamos a volta a partir de amanhã (20) e prometemos investigar as possíveis fraudes que estejam atingindo o setor", indicou Márcio Sá, secretário de Mobilidade Urbana de Natal.

A assessoria de comunicação do Seturn confirmou a volta da integração da capital, explicando que as primeiras viagens desta quinta já oferecerão o benefício aos passageiros.

Procuradoria do Município diz que, "a princípio, ação na Justiça será mantida"
Antes do acordo entre os representantes das empresas de transporte e a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, a Procuradoria Geral do Município havia protocolado, na manhã desta quarta, uma ação judicial contra o Seturn. A ação visava, justamente, a volta imediata da gratuidade no serviço de integração no transporte público da capital, suspenso desde o início da semana.

O procurador Francisco Wilkie Rebouças Chagas Júnior esclareceu que a ação também pedia, em caso de não cumprimento, multa diária no valor de R$ 1 milhão e mais indenização de danos coletivos à sociedade.

Com o anúncio da volta da gratuidade no Passe Livre, o procurador explicou que a ação será mantida. "Tendo em vista que a suspensão sem a concordância do Município foi feita, causou danos à população. A volta imediata da integração foi cumprida espontaneamente, mas a parte remanescente do pedido deve ser mantida. A palavra final será da prefeita", afirmou.

Quanto ao Ministério Público, que também ingressou na Justiça exigindo o fim da suspensão, não foi possível contato com a promotoria responsável pelo processo. A assessoria informou que o promotor José Augusto Peres, titular da Promotoria de Defesa do Consumidor estava em audiência. Na ação do MP, o pedido de multa em caso de não atendimento é de R$ 100 mil, além de também incluir indenização de danos coletivos à população.

Entenda a suspensão
O Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Natal (Seturn) decidiu suspender o serviço gratuito de integração nos ônibus que circulam na capital em resposta à revogação do aumento das passagens, aprovado pelos vereadores, e que resultou na redução da tarifa de R$ 2,40 para R$ 2,20. Segundo o próprio sindicato, esta foi a única alternativa encontrada para manter o equilíbrio econômico das empresas do setor.

Antes da suspensão, estudantes realizaram vários manifestos pelas ruas e avenidas da cidade em protesto contra o valor da passagem. Nesta terça, embora o aumento tenha sido revogado pelos vereadores, a classe estudantil voltou a interromper o trânsito e causar transtorno aos motoristas. Desta vez, em razão do Seturn ter decidido suspender a gratuidade da integração. Nesta terça, durante o ato, dois ônibus da empresa Guanabara foram incendiados e nove pessoas detidas. Uma delas, um professor de história, continua preso. Ele é acusado de incêndio criminosos e dano ao patrimônio público.

Segundo a Polícia Militar, novos protestos já estavam agendados, e mais uma vez a BR 101 seria usada como palco para os manifestantes cobrarem o fim da suspensão.

Informações: G1 Rio Grande no Norte


Enviado via iPhone

Mudança de hábito nos ônibus de Natal

29/09/2012 - Diário de Natal

Ruas cobertas de lixo, bueiros entupidos e riscos de acidentes para pedestres, motoristas, ciclistas e motociclistas são algumas das muitas consequências de jogar lixo na rua. Buscando uma conscientização para tentar prevenir esse péssimo hábito entre os passageiros de ônibus, o motorista Wanduí da Costa, 34 anos, todo dia discursa sobre a importância de não atirar lixo pelas janelas do veículo. Usando como exemplo o lixo espalhado pelas ruas ao longo do percurso da linha 64 (Nova Natal/ Ribeira) o motorista de ônibus também repete o discurso para as pessoas que estão entrando no veículo. "A gente sempre procura falar para pessoas que entram no ônibus comendo alguma coisa ou segurando alguma embalagem, que evitem jogar o lixo pela janela. Se o veículo dispor de lixeira, que joguem nela ou até mesmo dentro do ônibus, embaixo dos assentos", conta o motorista.

Wandui da Costa trabalha há 6 anos nos transportes públicos da cidade. Com três empresas no currículo, incluindo o emprego atual na Guanabara, o motorista conta que muitas vezes as pessoas não gostam das suas intervenções. "Uma vez alertei uma estudante que entrou com um pacote de pipoca e mesmo sendo alertada, jogou a embalagem pela janela. Quando repeti o alerta ela ameaçou me processar. Daí, um rapaz que ouviu a conversa interveio perguntando o porquê do processo. Ela desceu do ônibus chorando e nunca prestou nenhuma queixa", conta ele.

Por outro lado, o motorista afirma receber muitos elogios aos seus avisos. "Quando eu faço os discursos muita gente bate até palmas. É como na fábula do beija-flor que tenta apagar o fogo de uma floresta em chamas. Se cada um fizer a sua parte nós conseguiremos salvar a natureza", concluí Wanduí. A passageira Berenice Sousa, 26 anos, considera muito importante essa iniciativa de falar aos passageiros. "Na minha opinião, nós brasileiros às vezes precisamos de um puxão de orelha. E é bem isso que o motorista está fazendo, admiro a coragem que nem todos possuem para fazer esse tipo de apelo. Ontem, peguei o mesmo ônibus e todomundo bateu palmas quando ele terminou de falar", afirma.

Para Jaqueline Alves, 37 anos, a iniciativa é útil, uma vez que contribui para a diminuição do lixo espalhado pelas ruas de Natal. Porém explica que, às vezes, as pessoas acabam jogando lixo na rua por não ter um local apropriado para despejá-lo dentro dos ônibus. "Os ônibus deveriam ter mais lixeiras, não dá para ficar jogando o lixo no chão, pois ele pode até mesmo acabar saindo do ônibus por causa do movimento que faz ao andar", explica ela.

Wanduí da Costa acrescentou ainda que quem joga lixo pela janela de veículos também está infringindo o Código de Trânsito. A infração está nos artigos 171 e 172 da legislação, e é considerada média podendo ocasionar multa de R$ 85 e 4 pontos na carteira. "Tivemos até um caso recente de um ônibus da empresa Cabral que foi multado por um passageiro ter jogado lixo para fora da janela", afirma Costa.

Incentivo da empresa

Wandui da Costa conta não está sozinho na empreitada em prol do meio ambiente. Todos os motoristas recebem capacitação ambiental durante o treinamento de condução econômica, realizado por técnicos da empresa no período de contratação, e a cada ano. A gerente de recursos humanos da Transportes Guanabara, Kênia Costa conta que os cerca de 500 motoristas da empresa participam regularmente das capacitações, denominadas de reciclagens.

Durante o treinamento os motoristas são dispensados do trabalho e vão para a sala de aula, onde recebem uma cartilha de como dirigir ecologicamente. Nela os motoristas podem aprender além de como evitar a poluição das ruas atuando junto aos passageiros. Também medidas para contribuir com a redução das emissões de poluentes. Tais como, a utilização correta dos freios, manutenção do veículo e manobras econômicas utilizadas durante o deslocamento pela cidade.


Enviado via iPhone

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Novas faixas exclusivas para ônibus começam a funcionar em Fortaleza

16/09/2012 - G1

Transtorno para alguns motoristas e satisfação para outros nas vias de Fortaleza que passaram a ter corredor exclusivo para ônibus nesta segunda-feira (17). As faixas para vans, táxis e ônibus funcionam agora também nas Ruas Padre Ibiapina, Pedro Pereira, Padre Mororó e Castro e Silva, além das Avenidas do Imperador, Duque de Caxias e Tristão Gonçalves.

Segundo o chefe do núcleo de trânsito da Autarquia Municipal de Trânsito, Arcelino Silva, os motoristas de ônibus que desrespeitarem a faixa estarão cometendo infração média. Já os motoristas de carros de passeio que invadirem o espaço eram de arcar com uma infração leve. As multas devem começar a ser cobradas nos próximos dias, após o período de adaptação.

"Saiu que os táxis e ônibus eram para andar nessas faixas, eu vinha com os passageiros agora e o guarda da AMC não deixou eu passar", disse um taxista confuso com as regras do corredor exclusivo.

Já os motoristas de vans aprovaram a ideia. "Até agora está fluindo bem, vamos ver na hora de pico. Aí a gente pode dar uma posição melhor", disse Samuel Aires que trabalha em um transporte coletivo.

Duas faixas da Avenida Bezerra de Menezes, em Fortaleza, passaram a ser prioritárias para o fluxo de ônibus, vans e táxis com passageiros desde agosto.

Informações: G1 Ceará

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Integração gratuita nos ônibus de Natal será suspensa

17/09/2012 - G1 RN

O Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros do Município do Natal (Seturn) decidiu, unilateralmente, suspender o sistema de integração gratuita no transporte público de Natal a partir desta segunda-feira (17). Atualmente, todos os portadores de cartão de vale transporte e/ou passe estudantil têm o direito de fazer a integração gratuita entre dois ou mais ônibus num determinado intervalor de tempo. A assessoria de imprensa da instituição informou que a medida foi tomada em decorrência da suspensão do aumento do valor da tarifa pela Câmara Municipal, obrigando as empresas a cobrarem R$ 2,20 por uma passagem integral. 

Além da suspensão da integração gratuita, o Seturn cogita, ainda, reduzir em até 10% o número de ônibus circulando em determinadas linhas. As alternativas foram apresentadas aos titulares da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) no início desta semana. Os secretários da Semob - Márcio Sá, Jeferson Pedrosa e Haroldo Maia - foram procurados pela reportagem para comentar a decisão do Seturn e uma possível punição em decorrência da medida unilateral, sem o aval do Município. Entretanto, nenhum dos representantes da Prefeitura de Natal atendeu ou retornou as tentativas de contato telefônico. saiba mais Empresas de ônibus apresentam três propostas à Prefeitura de Natal Representantes do transporte de Natal decidem se frota será reduzida Tarifa de ônibus sobe para R$ 2,40 em Natal a partir desta terça-feira Valor da tarifa de transporte coletivo em Natal voltará a custar R$ 2,20 

O diretor de comunicação do Seturn, Augusto Maranhão, também foi procurado para esclarecer os motivos pelos quais o Sindicato decidiu suspender o serviço de integração gratuita regularizado via decreto municipal. Ele, porém, não atendeu ou retornou as ligações telefônicas. A assessoria de imprensa do Seturn explicou que a decisão foi reflexo do temor dos empresários do setor que afirmam não ter condições de pagar a folha de pessoal em decorrência da derrubada do decreto que oficializou o aumento da passagem de R$ 2,20 para R$ 2,40. 

O que é a integração 
Todos os portadores de cartão de vale transporte e/ou passe estudantil têm o direito de fazer a integração gratuita entre dois ou mais ônibus num determinado intervalor de tempo. Por exemplo: um cidadão que se desloca do conjunto Nova Natal, na Zona Norte, com destino à praia de Ponta Negra, na Zona Sul, poderá com uma passagem paga, pegar dois ou mais ônibus. Para isto, basta que tenha se passado dez minutos desde o primeiro embarque e menos de 60 minutos no segundo embarque. Vale ressaltar que a integração só é válida para ônibus com destinos diferentes do inicialmente embarcado.

Cidade pernambucana terá reconhecimento facial em ônibus    

16/09/2012 - 180 Graus

Os cartões de embarque dos serviços de transporte público podem ser substituídos no futuro por sistemas de reconhecimento facial, e a cidade de Caruaru, em Pernambuco, é uma das primeiras a testar a mudança.

A tecnologia desenvolvida pela empresa brasileira Transdata será instalada em 130 ônibus da cidade. A fase de testes identificará se a pessoa que está tentando usar um cartão para embarcar no ônibus é realmente quem ela afirma ser - e não, por exemplo, uma pessoa tentando passar com o cartão que garante a passagem gratuita a um idoso.
Ela não vai funcionar como substituta dos bilhetes, e sim como um sistema complementar para evitar fraudes por parte de pessoas que tentam se passar por outras para se aproveitar de benefícios a terceiros no sistema de transporte público.
Para o passageiro, basta se posicionar em frente à câmera e validar o cartão para o sistema comparar as informações com o banco de dados para identificar o portador do cartão. 

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Sistema BRT (Bus Rapid Transit) será implantado a partir de janeiro em Feira de Santana

12/09/2012 - Acorda Cidade

O projeto de transporte coletivo BRT (Bus Rapid Transit), também denominado Via Exclusiva para Ônibus, já foi acatado pelo Ministério das Cidades e será implantado a partir de janeiro de 2013 em Feira de Santana. A proposta do Governo Municipal é disponibilizar um sistema de transporte moderno, com ônibus rápido e articulado.

Segundo o secretário municipal de Planejamento, José Marcone de Souza, o projeto consiste na implantação de duas linhas exclusivas de transporte coletivo nas avenidas Getúlio Vargas e João Durval Carneiro, cortando a avenida Eduardo Fróes da Mota (Anel de Contorno).

“O BRT é um sistema de ônibus de alta capacidade que provê um serviço rápido, confortável, eficiente e de qualidade. O novo sistema controla eletronicamente o tempo de cada estação, com o uso de ônibus modernos e articulados”, explica o secretário de Planejamento.

Ele acrescenta que inicialmente foi encaminhado o projeto da proposta para o Ministério das Cidades e, depois disso, o projeto construtivo. Como o material foi encaminhado dentro do prazo, foi possível que o Governo Federal o acatasse. A iniciativa representa um investimento total de R$ 94 milhões.

Várias cidades do Brasil e do mundo como Curitiba, Goiânia, Bogotá, Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro adotaram o BRT como um meio de transporte público mais barato de construir do que um sistema de metropolitano (metrô), com capacidade de transporte de passageiros similar à de um sistema de veículo leve sobre trilhos (VLT). O primeiro BRT foi implantado em 1979, na cidade de Curitiba. As informações são da Secom.

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Avenidas do Centro de Fortaleza terão faixa exclusiva para ônibus a partir do dia 17

06/09/2012 - Diário do Nordeste

Depois da implantação de um corredor exclusivo para ônibus na Avenida Bezerra de Menezes, chegou a vez de outras importantes avenidas passarem por mudanças
 
Mapa das novas faixas do BRT
créditos: Divulgação
 
Daqui a menos de duas semanas, as avenidas Imperador e Tristão Gonçalves terão faixas pintadas na cor azul, nas quais será permitido preferencialmente o tráfego de coletivos,  veículos do transporte complementar (vans) e táxi com passageiros. Parte da Avenida Meton de Alencar, mais precisamente no trecho compreendido entre as  avenidas Padre Ibiapina e Tristão Gonçalves, também passará pela mesma mudança daqui a 12 dias. 
 
“É a continuação do fluxo que sai da Bezerra de Menezes (a partir da altura do Mercado São Sebastião)  no sentido Centro. A  Imperador e a Tristão Gonçalves também terão  Bus Rapid Service  (BRS)”, confirma Arcelino Lima, o chefe do Núcleo de Trânsito da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania de Fortaleza (AMC).
 
Arcelino afirma ter sido acima das expectativas os resultados positivos das primeiras semanas de implantação da linha exclusiva para ônibus. “A alteração naquela área foi realizada desde o dia 13 de julho. O comportamento dos motoristas está sendo melhor do que a gente esperava. Essa primeira experiência mostra que está havendo respeito por parte dos condutores com a sinalização. Isso já reflete da redução de tempo gasto nas viagens de ônibus e de carros particulares”, avalia.