segunda-feira, 4 de junho de 2012

Prefeitura de Salvador pode instalar botão de pânico em ônibus

01/06/2012 - R7, com Jornal da Record

A média é de quatro assaltos a coletivos por dia; número cresceu em 2012

A Prefeitura de Salvador está considerando instalar botão de pânico em ônibus da cidade. Os assaltos a coletivos se tornaram rotineiros e assustam os funcionários e passageiros. 

O botão de pânico é um sistema de proteção que já funciona em outras cidades brasileiras. Ele serve para alertar a polícia em caso de perigo. Acionado pelo motorista, faz o letreiro piscar e avisar sobre o roubo. 

Vídeos de circuito interno dos coletivos da cidade mostram a violência, que acontece quase sempre durante o dia. Em uma das imagens, o criminoso entra no ônibus e da porta anuncia o assalto. Outro homem entra armado e rouba um passageiro. Na saída, ainda leva o dinheiro do motorista. 

O número de assaltos a ônibus em Salvador cresceu 80% de janeiro pra junho se compararmos ao mesmo período do ano passado. A média é de quatro assaltos por dia. 

A maioria dos assaltos acontece em grandes avenidas, bem movimentadas, onde a fuga é mais fácil. Os bandidos também preferem agir em grupos pequenos, para não chamar atenção. 

Botão do pânico 

Em Curitiba, parte da frota também conta com o sistema de proteção. Quando o motorista aperta o botão, uma central de monitoramento é acionada por um sistema de satélite. Na hora, é possível identificar onde está o problema. 

Asssita ao vídeo:
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário