quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Perimetral ganhará faixas exclusivas

19/11/2014 - Diário do Nordeste / O Estado do Ceará

Dando continuidade à política de priorização do transporte público coletivo nas ruas da Capital, a Prefeitura de Fortaleza deverá implantar, ainda neste mês, faixas exclusivas para ônibus na Avenida Perimetral, na zona sul da cidade. A medida faz parte do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (Paitt), e ainda não tem data para começar, faltando para tanto a conclusão de estudos de tráfego que estão em curso. A informação é da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), responsável pelo Paitt.

O trecho em que serão pintadas as faixas de uso restrito ainda não foi definido pelo órgão. Entretanto, observa-se que o segmento da via com maior fluxo de veículos é entre as avenidas Godofredo Maciel e Juscelino Kubitschek. Apesar de ainda não ter sido decidido o espaço de circulação exclusiva, o engenheiro Ezequiel Dantas, do Paitt, adianta que o sistema não será implantado ao longo de toda a extensão da avenida.

Ainda segundo o funcionário da Prefeitura, a próxima via a receber faixas específicas para o ônibus na Capital, com previsão de início de operação em dezembro deste ano, é a Av. Presidente Castello Branco (Leste-Oeste). Ezequiel também informou que todas as ruas do Centro da cidade que operam hoje com áreas preferenciais, como a Imperador, passarão a ter espaços exclusivos até julho de 2015, embora não haja data para a mudança.

Na próxima sexta-feira (21), será a vez da Av. Antônio Sales finalizar a implantação das faixas de uso restrito para ônibus. Com isso, os 4 Km de extensão da pista terão a demarcação no asfalto indicando a nova forma de circulação.

Ainda de acordo com o engenheiro do Paitt, a maioria dos motoristas tem respeitado as faixas que já estão já em atividade naquela avenida. A demarcação teve que se dar por etapas devido ao fato de a via também receber ciclofaixas.

A partir do momento em que um logradouro recebe a demarcação de áreas de circulação exclusiva para ônibus, segundo a SCSP, a Prefeitura Municipal de Fortaleza tem até 30 dias para providenciar a instalação de câmeras e sensores ao longo do respectivo trecho. O passo seguinte é o início da campanha educativa junto aos condutores, que deve durar 15 dias.

Passado o período, começam a ser aplicadas as punições aos motoristas que desrespeitarem o espaço.

Fiscalização

Até agora, já estão sendo fiscalizadas de maneira punitiva as Avenidas do binário Santos Dumont/Dom Luís e a Avenida da Universidade. Nas duas primeiras, as multas passaram a ser aplicadas a partir do dia 10 de setembro, tendo sido emitidas 1.376 notificações na região somente no primeiro mês. Já na avenida do bairro Benfica, as punições começaram a ser impostas no último dia 7 de novembro.

Na Av. Bezerra de Menezes, os condutores de veículos particulares que trafegam sobre o espaço para coletivos também são penalizados.

Os equipamentos de fiscalização, entretanto, estão temporariamente desligados, em função das obras do Bus Rapid Transit (BRT) que estão em desenvolvimento ao longo da via.

Quem desrespeita as faixas exclusivas para ônibus comete infração leve, que gera multa de R$53,20, além de três pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O sistema prevê exclusividade de segunda a sexta-feira das 5h às 21h e aos sábados de 5h às 16h. Em caso de feriados e domingos, o tráfego fica livre a todos os condutores.

O Estado do Ceará

Mudança melhora trânsito e gera dúvidas

Ontem foi o primeiro dia de implantação do sentido único na Avenida Visconde do Rio Branco, no trecho que compreende entre a BR-116 e Avenida Pontes Vieira, no bairro São João do Tauape. Apesar da movimentação tranquila na região e da aprovação das modificações pela maioria dos motoristas que transitavam no lugar, alguns ainda não sabiam da alteração de sentido.

O administrador Rodrigo Santos, 43 anos, por exemplo, trafegava na Avenida Pontes Vieira e não sabia, ainda, que a partir de ontem era proibido entrar à direita para a Avenida Visconde do Rio Branco. Ainda bem que os agentes de trânsito estavam no local para me orientar. Moro na região e agora terei que entrar uma rua antes para ter acesso à minha casa, disse. Segundo ele, a mudança era necessária na via. No sentido sul/norte era muito congestionado e refletia nas outras vias próximas à avenida também. Agora, espero que melhore.

O advogado Vinícius Rebouças acredita que as mudanças irão melhorar na avenida, mas trarão prejuízos na BR-116. Eu acredito que está melhor com a implantação do sentido único. Mas, em minha opinião, vai piorar na BR-116 por conta da implantação do semáforo próximo à rotatória. Antes, quando não tinha, já era muito congestionado, comentou.

Já o taxista Diego Dias reclama da mudança de ponto de táxi, que saiu do lugar em frente ao Hospital da Unimed e foi para a rua ao lado, na Monsenhor Salazar. A qualquer hora vai ficar bom, pois são cinco faixas para os carros. Não tem como ficar congestionado. Mas, para os taxistas ficou complicado, pois a maioria de nossos passageiros é do hospital e, agora, para acessarmos a entrada do lugar, temos que fazer um balão o que implica mais gasto de gasolina e de tempo, reclamou Dias.

Segundo a assessoria da Prefeitura, a alteração de circulação foi definida após a realização de estudos técnicos, que comprovaram a dificuldade na chegada dos veículos à Av. Visconde do Rio Branco pela BR-116. No local, chegam a trafegar seis mil veículos pela rodovia no sentido Messejana/Centro. As alterações nas vias fazem parte do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito (Paitt).

OUTRAS ALTERAÇÕES

Além da Visconde do Rio Branco, a Rua  João Paulino Barros Leal, também,  mudou e agora tem sentido único norte/sul, entre a Avenida Pontes Vieira e a Rua Monsenhor Salazar, para atender à demanda que vem do Centro em direção à BR-116. A Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC) informou que, em cada via onde aconteceram mudanças, dois agentes de trânsito, por turno, estarão no local durante os primeiros dias de intervenção efetuando o controle de tráfego e orientando a população.

BINÁRIO

Além da implantação de sentido único, o binário existente nas ruas Paulo Firmeza e Monsenhor Salazar será prolongado. A Rua Paulo Firmeza, por exemplo, passa a operar com sentido único (oeste/leste), entre a Av. Visconde do Rio Branco e a Rua João P. Barros Leal. Já a Rua Monsenhor Salazar teve o sentido invertido, passando a concentrar o fluxo veicular no sentido contrário (leste/oeste), da Av. Visconde do Rio Branco à BR-116.

Nenhum comentário:

Postar um comentário