terça-feira, 24 de maio de 2016

Em Recife, estação de BRT do Norte-Sul é inaugurada sob muitas reclamações

23/05/2016  - Jornal do Commercio - PE

 A estação de BRT São Francisco de Assis, na rodovia PE-15 – penúltima do corredor Via Livre Norte-Sul a ser inaugurada – enfrenta hoje seu primeiro dia útil de funcionamento, sob uma série de reclamações. A única forma de acesso à estação é uma passarela de pedestres que cruza a PE-15 de um lado a outro. Os usuários se queixam de que o percurso é longo (são três lances de rampas) e que falta teto e iluminação ao equipamento, além de segurança. Sem calçada no trecho (só há mato no passeio), para chegar à passarela usa-se a ciclovia.

“Uma pessoa que sai do trabalho às 22h, 23h, vai ter condições de usar essa passarela? Só se for pra morrer. O percurso é longo e escuro, há muitos assaltos aqui. O jeito será pegar um outro ônibus para fazer o retorno. Esse projeto foi errado, deviam rever isso”, apela a doméstica Ivonete José Pedro, 60 anos. O montador de móveis Jalmie Abílio, 47, acrescenta: “Preferia um transporte mais abundante e com menos luxo. Não vai ter manutenção mesmo”.

A estação funciona de domingo a domingo, das 4h10 às 21h30 e atende às linhas 1946 - Igarassu (PCR) e 1976 - TI Pelópidas (PCR). Fica faltando agora apenas a Estação Salgadinho (que aguarda uma intervenção viária no asfalto), completando 26 pontos. “Temos uma frota de 64 BRTs no corredor e uma média de 70 mil passageiros transportados ao dia. São cinco linhas em operação, mas quando o Terminal de Abreu e Lima estiver pronto, em junho, passaremos para oito linhas e 84 BRTs”, adianta o diretor de operações do Grande Recife Consórcio de Transporte, André Melibeu. O corredor era previsto para a Copa do Mundo de 2014. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário