quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Faixa exclusiva reduz em cinco minutos o trajeto de ônibus na Rua João Pessoa

01/10/2015 -  A Tribuna - Santos

Um mês e 20 dias após o início de sua operação, o corredor de ônibus da Rua João Pessoa, no Centro de Santos, reduziu em cinco minutos o tempo de viagem dos coletivos no horário de mais movimento, entre 18 e 19 horas. Ao invés de sete minutos e 30 segundos, os motoristas levam dois minutos e 30 segundos para percorrer os 1.750 metros da via.

A redução média calculada pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) no início da manhã, entre 7 e 8 horas, é menor, de 18,5% do tempo, enquanto a média entre as 11 e as 15 horas chega a 35%; e, das 16 às 18 horas, em 50%.

Os dados foram fornecidos a pedido de A Tribuna. Segundo o presidente da CET, Antônio Carlos Silva Gonçalves, o corredor está consolidado e não há conflitos entre motoristas de carros de passeio e os dos coletivos. Ainda assim, no primeiro mês de funcionamento, entre 10 de agosto e 9 de setembro, a CET aplicou 54 multas por desrespeito à faixa exclusiva.

Pelo Código de Trânsito brasileiro (CTB), transitar na faixa exclusiva do transporte coletivo é infração gravíssima, com multa de R$ 191,54 e acréscimo de sete pontos na CNH.

A recomendação de Gonçalves para evitar multas é que o motorista respeite a sinalização, entrando e saindo do corredor para fazer as conversões à direita apenas na faixa seccionada.

Quanto à reposição da sinalização de solo que desgrudou da pista dias após a colocação, no trecho entre o porto e a Rua Braz Cubas, a CET acionou a empresa responsável, pois o serviço está na garantia. "Não é normal que isso ocorra”, diz Gonçalves. Naquele trecho, segundo ele, o material termoplástico deveria ter durabilidade de cinco anos, apesar da abrasão provocada pelo tráfego intenso de ônibus.

Ana Costa poderá ter restrição em faixa de ônibus ampliada

Faixa exclusiva funciona entre 6h e 9h, no sentido Centro e das 17h às 20, no sentido Praia

O horário de restrição para carros e motos trafegarem na faixa destinada aos coletivos, na Avenida Ana Costa, em Santos, poderá ser ampliado pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). A avenida foi a primeira via de Santos a ter uma faixa exclusiva para ônibus, em horários de pico, das 6h às 9 horas, na pista praia-Centro e das 17h às 20 horas, na pista Centro-Praia.

Segundo o presidente da CET, Antônio Carlos Silva Gonçalves, apesar da remodelação ainda não ter data, a restrição nos corredores não deverá ocorrer 24 horas, como acontece na Rua João Pessoa, no Centro de Santos.

"Vamos fazer adequações necessárias, como tirar pontos de ônibus onde há conversões à direita. Também temos um estudo para ampliar a largura das faixas de rolamento, que são estreitas. Hoje, é muito comum ter casos de abalroamento de retrovisores. Não é uma avenida confortável para o motorista. Por isso, estamos fazendo um grande estudo que deverá ser implantado até o final do ano ou o início de 2016”, antecipa.

Em Santos, além dos corredores exclusivos, há faixas preferenciais nas Avenida Conselheiro Nébias (das 12h às 20h no sentido Centro/praia) e na Avenida Bernardino de Campos (das 17h às 20 horas no sentido Centro/praia.

Diferente da exclusiva, a faixa preferencial permite compartilhar no mesmo espaço ônibus e veículos, desde que respeitada a preferência aos coletivos. O estacionamento de veículos fica proibido no horário de ativação da faixa preferencial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário