domingo, 8 de março de 2015

Obras na Bezerra de Menezes devem ser concluídas neste mês

07/03/2015 - Diário do Nordeste


Após vários adiamentos e sete meses de atraso, as obras do corredor de ônibus da Avenida Bezerra de Menezes devem ser finalizadas até o fim deste mês, segundo informações do titular da Secretaria de Infraestrutura de Fortaleza (Seinf), Samuel Dias. Enquanto isso não acontece, os moradores e lojistas da região continuam sofrendo com os transtornos.

Algumas das estações que farão parte do corredor já estão praticamente prontas, mas, em outras, ainda falta muito trabalho a ser feito. Nesses locais, é possível observar vários homens trabalhando e alguns caminhões indo e vindo. As estruturas das estações já estão erguidas, porém todo o restante ainda precisa ser feito.

"Pelo que podemos acompanhar, até agora, essa obra ainda vai demorar para terminar. Acho que ela vai acabar comemorando o aniversário de um ano", brincou o empresário Adailton Ferraz.

O secretário de Infraestrutura do Município, Samuel Dias, afirmou, ontem, que até o fim de março as obras das dez estações estarão finalizadas e, em seguida, os equipamentos serão entregues a população.

"Mesmo com as chuvas, que atrapalham o trabalho de fiscalização, nada irá impedir que se conclua o projeto até o fim do mês. Já atingimos mais de 50% da obra", relatou o secretário.

Segundo o gestor, das dez estações definidas no plano inicial, cinco já estão completamente prontas. O valor total da obra, com reajustes e aditivos, chegou a R$ 9 milhões. Quanto aos corredores, o trabalho de realocação e implantação de novas linhas de ônibus será realizado após estudo da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor). Terminando as obras, o próximo passo será de responsabilidade do órgão.

O secretário atribuiu o atraso das obras a outras construções prioritárias em andamento na Capital desde 2013.

Com o intuito de facilitar o acesso de motoristas e motociclistas que trafegam na Avenida Bezerra de Menezes, a faixa exclusiva para ônibus foi desativada, liberando o acesso de veículos particulares, táxis e motos. Os tapumes de madeiras que estão fechando parte da via também devem ser retirados até o fim do mês.

Agilidade

As dez estações que estão sendo construídas, ao longo de toda a Avenida Bezerra de Menezes, vão contar com piso elevado, o que vai permitir o embarque e desembarque de passageiros dos ônibus em mesmo nível. Com isso, haverá um ganho na agilidade, resultando na velocidade de deslocamento do transporte coletivo, conforme a Seinf. A previsão é que a velocidade dos ônibus aumente até em 40%.

O corredor contará com os ônibus articulados que vão circular. Os veículos têm ar condicionado e capacidade para mais passageiros, sendo 40 passageiros sentados, 100 em pé.

Com investimento de cerca de R$ 3 milhões, oriundos do Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID), a intervenção faz parte do corredor exclusivo de ônibus Antônio Bezerra / Centro, que ligará o Terminal de Antônio Bezerra ao Centro.

Transporte público

Quando o corredor expresso estiver concluído, as quatro faixas, sendo duas em cada sentido, ao lado do canteiro central da Av. Bezerra de Menezes serão utilizadas apenas pelo transporte público e as quatro faixas junto aos passeios, também duas em cada sentido, que hoje funcionam como faixas exclusivas para o Bus Rapid System (BRS), serão restituídas para o trânsito de veículos particulares.

O corredor Antônio Bezerra / Centro é a primeira etapa do corredor Antônio Bezerra / Papicu, que terá extensão de 17,4 quilômetros, com investimento total de R$ 187 milhões.

O objetivo é priorizar e dar maior qualidade ao transporte público e coletivo. As obras fazem parte do plano da Prefeitura de Fortaleza de implantação de 130 quilômetros de corredores de ônibus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário