sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Corredores de ônibus em Fortaleza atrasam e ficam prontos a um mês da Copa

11/10/2013 - UOL

A construção de três corredores de ônibus que foram incluídos por Fortaleza na Matriz de Responsabilidades da Copa do Mundo atrasou de cinco a nove meses. Duas das obras eram previstas para agosto, enquanto a terceira ficaria pronta em dezembro. Agora, os corredores devem ser entregues em maio de 2014, semanas antes da Copa do Mundo, segundo a mais nova promessa feita pela prefeitura.

O município apresentou, em 2010, um plano de mobilidade com o projeto de três BRTs (Bus Rapid Transit), corredores de ônibus exclusivos. Ao lado de intervenções viárias, as obras melhorariam o transporte público da capital cearense e o acesso à Arena Castelão, fazendo a integração com a zona hoteleira. Juntos, os três corredores somam 11 quilômetros de extensão e devem custar R$ 84 milhões.

O governo municipal afirma que será possível entregar à população, ao mesmo tempo, uma intervenção que hoje está com 54% de serviços concluídos e outra que não passou de 9%, de acordo com dados oficiais. A diferença entre os índices e a velocidade das obras, que já duram mais de um ano, têm gerado desconfiança de que o novo prazo não será cumprido, segundo vereadores e políticos da cidade.

Em dezembro de 2012, a prefeitura de Fortaleza havia informado ao Ministério do Esporte que concluiria os BRTs das avenidas Alberto Craveiro e Paulino Rocha em agosto deste ano, o que não aconteceu. Já o BRT da Avenida Dedé Brasil era previsto para dezembro de 2013. As obras na Alberto Craveiro são as mais adiantadas: começaram em agosto do ano passado e atingiram 95,5 de conclusão este mês.

Na Avenida Paulino Rocha, os serviços começaram em setembro de 2012 e chegaram a 54,06% um ano depois. A situação mais crítica é do BRT Dedé Brasil, que avançou 9% nos últimos 13 meses. Apesar da diferença na velocidade dos trabalhos, o coordenador de infraestrutura da Secretaria Extraordinária da Copa de Fortaleza (Secopafor), Daniel Lustosa, afirma que tudo ficará pronto a tempo.

"Todas as obras que estão na matriz serão entregues até maio de 2014", garante Lustosa. Segundo ele, os serviços na Avenida Dedé Brasil localizados mais próximos ao estádio já foram executados. Além disso, os operários concluíram a parte mais difícil do projeto: a construção de dois viadutos. "Está tudo correndo dentro do programado." Ainda segundo Lustosa, as empresas de ônibus que trabalham na cidade estão providenciando a compra de veículos articulados para circularem pelos novos corredores.

Líder da oposição na Câmara Municipal, o vereador Guilherme Sampaio, acha a previsão do governo muito otimista. "Tenho conversado com engenheiros que participaram do planejamento das obras. E a avaliação é que não há tempo para que todas as obras previstas por Fortaleza fiquem prontas a tempo da Copa. Há obras que começaram há mais de um ano e ainda não terminaram. Outras estão começando agora. O que temos visto é que o ritmo da prefeitura é muito lento", critica o vereador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário