sábado, 16 de março de 2013

Estudos para a implantação do BRT em Aracaju começam a ser realizados

14/03/2013 - Prefeitura de Aracaju

Os estudos servirão como base para as diretrizes da licitação do novo sistema de transporte público

No fim da tarde desta quarta-feira, dia 13, o superintendente Municipal de Transporte e Trânsito, Nelson Felipe, recebeu em reunião na sede da SMTT os arquitetos Firck Kerin e Giana de Rossi, representantes do renomado escritório de arquitetura Jaime Lerner Arquitetos e Associados, que irá realizar estudos para a implantação do Transporte Rápido por Ônibus (Bus Rapid Transit - BRT) em Aracaju.

Nesta primeira visita os arquitetos irão analisar as condições do transporte público de Aracaju, o número de linhas, os itinerários e os terminais de integração. De acordo com Nelson Felipe, um dos principais objetivos é discutir o modelo de mobilidade a ser seguido pela capital. "Neste diálogo inicial vamos debater a mobilidade em Aracaju com uma visão mais humana, buscando sempre atender aos anseios da população. Os arquitetos começarão os primeiros estudos para garantir a viabilidade de implantação do BRT em nossa cidade", afirma.

A arquiteta Giana de Rossi explica que os estudos servirão como base para as diretrizes da licitação do novo sistema de transporte público. "Estamos aqui para avaliar e construir o programa operacional do projeto do BRT em parceria com a Prefeitura de Aracaju. Nosso trabalho será pensar a adequação viária e o controle operacional do sistema. O estudo aqui realizado por nós servirá como referência para a licitação do BRT", conta.

Novo sistema
A arquiteta aponta as vantagens do BRT. "Entre as suas principais vantagens estão: a agilidade, pelo fato do BRT transitar em uma canaleta exclusiva; o embarque de passageiros no mesmo nível dos ônibus, o que torna o embarque mais fácil principalmente para idosos, gestantes e pessoas com deficiência e o pagamento antecipada da tarifa. Todos estes aspectos garantem um maior número de passageiros, mais segurança e rapidez", assegura Giana.

Credibilidade
Nelson Felipe elucida que a escolha do escritório de Jaime Larner para realizar os estudos para a implantação do BRT na capital se deu por sua notória e vasta experiência. "O escritório de Jaime Lerner foi responsável pela a implantação do BRT na cidade de Curitiba, que hoje conta com mais de 90 quilômetros de canaletas exclusivas para o ônibus. Por ser um escritório de reconhecimento público há a inexigibilidade de licitação para que eles desenvolvam o projeto para Aracaju", esclarece.

Outro projeto
Além do projeto de implantação do BRT, os arquitetos paranaenses também irão realizar estudos para desenvolver um projeto de ocupação para a zona de expansão de Aracaju. Giana de Rossi diz que será levado em conta para a realização do projeto as características ambientais do local.

"Estamos conhecendo as ideias que já existem e junto com a Prefeitura de Aracaju desenvolveremos também este projeto. A intenção é que a ocupação da Zona de Expansão seja feita de forma ordenada, sustentável e que garanta qualidade de vida a população que ali reside e residirá", destaca Giana.

Participação
Participou também da reunião o presidente da Empresa Municipal de Obras e Urbanização de Aracaju (Emurb), o engenheiro Luiz Durval. A Emurb e a SMTT trabalharão juntas no desenvolvimento e realização dos projetos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário