quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Recife ganhará 45 km de faixas exclusivas

22/11/2011 - Webtranspo, João Vidal

Aporte financeiro gira na casa dos R$ 296 mi

Corredor diminuirá tempo de viagem entre a zona Leste e Oeste em 30 minutos.A região metropolitana de Recife (PE) receberá mais um empreendimento que melhorará a mobilidade urbana da cidade. Na semana passada, Eduardo Campos, governador do Estado, assinou a ordem de serviço para o início dos trabalhos em dois corredores exclusivos de ônibus. As obras que terão um custo de R$ 296 milhões, repassados pelo Tesouro Estadual e pelo PAC Copa, darão maior fluidez ao trânsito nos sentidos Norte-Sul e Leste-Oeste.

No total, o governo construirá 45,5 quilômetros de faixas exclusivas para ônibus, nas quais devem passar aproximadamente 300 mil passageiros diariamente. A perspectiva é que as obras sejam finalizadas em maio de 2013, mais de um ano antes do início da Copa do Mundo, e próximo ao período em que a capital pernambucana receberá a Copa das Confederações. “O evento esportivo tem data e o Recife e a Região Metropolitana tem pressa. Se for preciso vamos trabalhar até a noite”, afirmou Campos.

Com a instalação destes corredores, os usuários – que utilizarem o trecho Leste-Oeste de 12,3 quilômetros – economizarão 30 minutos neste trajeto, em um mês, este número chegaria a 24 horas.

Além de redução no tempo de viagem, a qualidade no transporte público deve ser melhorada com o empreendimento. “Os tradicionais ônibus transportam apenas 60 pessoas sentadas. Já o modal TRO (Transporte Rápido por Ônibus) possui quase 160 assentos. Além disso, são ônibus com ar-condicionado e GPS, tecnologia que funcionará integrada a um sistema de monitoramento de frota que vai informar ao usuário quanto tempo falta para seu ônibus chegar”, detalhou.

Para viabilizar os 33,2 quilômetros do corredor, que ligará as regiões Norte e Sul, serão gastos quase R$ 151 milhões. Os atuais pontos de ônibus serão trocados por 33 estações com conexão aos terminais integrados de Igarassu, Abreu e Lima, Pelópidas Silveira e PE-15. Já o trecho Leste-Oeste de 12,5 quilômetros, com 22 estações, contará com investimentos na casa de R$ 145 milhões.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário